Domingo, 23 de julho de 2017
Dólar R$ 3,14
Euro R$ 3,66
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 7 de junho de 2017 - 14h47
Panalpina recebe certificação voltada para o setor farmacêutico
Operador logístico é o único do Brasil a contar com o selo GDP

A Panalpina Brasil anunciou a conquista da certificação Good Distribution Practices (GDP), que garante a excelência dos serviços prestados no transporte e na distribuição de medicamentos e de produtos farmacêuticos, concedida pela SGS, companhia que atua globalmente com inspeção, verificação, testes e certificação.

Com a novidade, a empresa, que preta serviços para o setor farmacêutico desde 2012, tornou-se o único operador logístico brasileiro e também a primeira filial do Grupo Panalpina na América do Sul a conquistar a certificação. “Além do Brasil, outras vinte unidades do grupo também possuem a GDP, como a filial de Bruxelas, na Bélgica, que foi a primeira a ser certificada, formando uma rede logística internacional segura para produtos farmacêuticos”, destaca Cássia Fernandes, gerente de Vendas para os segmentos Farmacêutico e Químico da Panalpina.

“A certificação GDP, que é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), estabelece uma série de normas que exigem uma equipe altamente capacitada, sistemas modernos e integrados e mapeamentos de riscos bem executados para evitar que os produtos sejam danificados durante seu transporte, entre outras determinações”, explica o diretor de Qualidade e Sustentabilidade da Panalpina, Adriano Bronzatto.

“As regras GDP complementam o manual internacional de boas práticas de fabricação do setor, chamado Good Manufacturing Practices (GMP), recomendado às empresas desta indústria pela OMS no que se refere à produção dos medicamentos, regras também adotadas pela Anvisa para o mercado nacional”, acrescenta o executivo. De acordo com ele, as indústrias do setor buscam parceiros logísticos que entendam os requisitos operacionais e regulatórios do segmento e que estejam preocupados em garantir que os investimentos e controles implementados durante a fabricação dos produtos sejam mantidos também nos processos de armazenagem e distribuição.

Cássia revela que a próxima unidade da Panalpina a tentar conquista da certificação GDP este ano será a do México. “Nossa intenção é investir cada vez mais nesse segmento, inclusive na questão de logística interna. Queremos ser a operadora logística global a oferecer as melhores soluções, de porta a porta, para a indústria farmacêutica”, finaliza a executiva.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!