Domingo, 24 de setembro de 2017
Dólar R$ 3,12
Euro R$ 3,73
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 10 de julho de 2017 - 12h07
Luft passa a utilizar WMS fornecido pela Senior
Operador logístico busca otimizar a utilização dos espaços de armazenagem e as atividades de intralogística

A Luft Logistics migrou o gerenciamento de suas operações para um novo WMS (Warehouse Management System), fornecido pela Senior Sistemas, empresa nacional que atua no mercado de softwares de gestão. De acordo com a própria Luft, a iniciativa visa contar com uma ferramenta mais moderna, eficaz e sustentável.

O Silt WMS Enterprise será utilizado para otimizar a utilização dos espaços dos centros de distribuição da Luft e também os recursos operacionais, aperfeiçoando os ciclos de movimentação com registro do tempo gasto nas tarefas, rastreabilidade, cálculo de produtividade, controle de acesso por grupo de usuários, armazenamento inteligente, entre outras funcionalidades indispensáveis para uma melhor gestão logística.

“A Luft utiliza o sistema para aprimorar cada etapa da operação, desde a entrada de matérias-primas até a expedição dos produtos acabados, gerenciando os equipamentos de movimentação e a equipe operacional, distribuindo as atividades e convocando os recursos produtivos utilizando terminais de radiofrequência e códigos de barras, ditando assim o ritmo das operações e monitdestaqueorando em tempo real a execução das tarefas. Isso se traduz em ganho de produtividade, de armazenagem e distribuição”, afirma Fernando Luft, sócio-fundador da Luft Logistics.

luft-capa

“A implantação de um novo e moderno WMS é uma das várias etapas de um plano estratégico de tecnologia da informação que vem sendo implementado pela Luft para aumentar ainda mais os diferenciais tecnológicos e prover inovações aos nossos clientes”, completa Gustavo Saraiva, CIO da Luft Logistics.

O sistema funciona 100% web e é totalmente operado com a utilização de terminais móveis de radiofrequência e coletores de código de barras, sem a utilização de papel. O WMS está preparado também para operar com tecnologias de separação por voz, de pick by light e put to light e com sorters. “Outro ponto importante, principalmente para o mercado farmacêutico, é que o sistema foi totalmente validado com base no Guia de Validação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, finaliza Luft.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!