Quarta-feira, 24 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,23
Euro R$ 3,99
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 19 de julho de 2017 - 12h04
Log-In adquire novo porta-contêineres
Navio Log-In Resiliente amplia capacidade de atendimento aos clientes para 18.100 TEUs

A Log-In adquiriu, no dia 26 de junho, um novo navio porta-contêineres. Batizado de Log-In Resiliente, a embarcação substitui o Log-In Amazônia, comercializado no início do mesmo mês, e faz parte da estratégia da empresa de homogeneizar a frota, utilizando navios com capacidades de transporte semelhantes.

Log-In Resiliente CAPA

Com tripulação brasileira, o Log-In Resiliente será capaz de transportar 2.700 TEUs, ou cerca de 38 mil toneladas de porte bruto. O navio possui 210,92 metros de comprimento total e 32,26 metros de largura.

Segundo o diretor de Operações da companhia, Maurício Trompowsky, a aquisição do novo navio representa ganhos significativos. “O Log-In Resiliente possui maior capacidade de carga em relação ao Log-In Amazônia, que transportava 1,7 mil TEUs. Isso permite oferecer um serviço com menor custo por TEU transportado”, Trompowsky.

Além dos ganhos para o negócio de cabotagem, o Log-In Resiliente também reforça as vantagens ambientais da cabotagem. “Cada viagem do novo porta-contêineres equivale a retirar das estradas brasileiras cerca de 2,8 mil caminhões. Isso é possível devido ao fato de a embarcação ser mais eficiente energeticamente e por ter uma grande capacidade de carga”, destaca Luis Godoi, gerente de Operações.

A Log-In utiliza atualmente seis navios para serviços de cabotagem. Além do novo Log-In Resiliente, a frota inclui o Log-In Jatobá, o Log-In Jacarandá (ambos com 2,8 mil TEUs), o Log-In Pantanal (1,7 mil TEUs) e os afretados Cordelia e Aldebaran (2,8 mil TEUs cada).

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!
claudianeem 20/07/2017, às 13h53
Notícia boa....