Terça-feira, 23 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,68
Euro R$ 4,23
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 31 de julho de 2017 - 15h34
Teca do Aeroporto de Boa Vista registra 134% de crescimento nas importações
Entre janeiro e junho de 2017 foram 1.149 toneladas, diante das 491 t contabilizadas no mesmo período do ano passado

O Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto Internacional de Boa Vista/Atlas Brasil Catanhede (RR) registrou, no primeiro semestre deste ano, expressivo crescimento de 134% na tonelagem movimentada para importação. O valor foi constatado com o transporte de carga marítimo e rodoviário, em relação às cargas processadas nos seis primeiros meses de 2016. Entre janeiro e junho de 2017 foram 1.149 toneladas, ante a 491 t contabilizadas no mesmo período do ano passado.

O Terminal de Logística de Carga do Aeroporto de Boa Vista foi inaugurado em 1º de outubro de 2012, impulsionado pela criação da Área de Livre Comércio (ALC) e da Zona de Processamento e Exportação (ZPE), e conta com uma área atual construída de 500 m². Pelo Teca circulam cargas oriundas principalmente da Venezuela via modal rodoviário e da cidade de Manaus, transportadas via marítima de países como China, Estados Unidos e Panamá.

O tipo de carga recebida no terminal possibilita o abastecimento de todo o estado de Roraima com matérias primas, produtos domésticos, eletroeletrônicos, materiais de construção. Para auxiliar nos transportes, o Teca dispõe de empilhadeiras, transpaleteiras, carrinhos hidráulicos, além de outros equipamentos de infraestrutura.

“A qualidade e segurança dos serviços prestados pelo nosso terminal de logística de carga é a chave para fidelizar e continuar conquistando nossos clientes”, declarou o superintendente do aeroporto de Boa Vista, Carlos Augusto Santos de Andrade.

Diferentemente de outros terminais de cargas administrados pela Infraero, o Teca de Boa Vista recebe 90% de suas mercadorias despachadas via modal marítimo, em contêineres desembarcados no porto de Manaus (AM).

Neste ano, a Infraero adotou um novo posicionamento estratégico e de mercado na área de logística de carga, buscando expandir o portfólio de serviços e produtos de logística integrada oferecidos pela empresa e ampliando a parceria com a iniciativa privada nos negócios. Os processos licitatórios de diversos Tecas da empresa são um passo importante dessas novas diretrizes.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!