Terça-feira, 23 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,68
Euro R$ 4,23
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 2 de agosto de 2017 - 17h12
VLI implanta usina fotovoltaica em suas operações em Lavras
Usina gera energia a partir de placas que convertem luz solar em eletricidade, uma tecnologia limpa, não poluente e mais econômica

A VLI, empresa especializada em operações logísticas que integram ferrovias, portos e terminais, divulgou a criação de uma usina fotovoltaica em Lavras (MG). Implantada em julho, a usina gera energia a partir de placas que convertem luz solar em eletricidade, uma tecnologia 'limpa', não poluente e mais econômica.

A usina abastece o prédio administrativo, operação e portaria da Oficina de Manutenção de Locomotivas Engenheiro Bhering, em Lavras. Além dos ganhos para o meio ambiente, a previsão é de que a tecnologia gere uma economia de R$3,2 mil por mês em gastos com energia elétrica. De acordo com a equipe responsável pelo projeto, em até 25 anos, a usina evitará a emissão de 102 toneladas de gás carbônico e o corte de 410 árvores.

A iniciativa faz parte do Selo Verde, programa de sustentabilidade da VLI que busca adequar as edificações ao conceito de edificação eficiente. O objetivo é utilizar soluções que economizem recursos naturais e reduzam a poluição nas instalações da VLI.

Segundo o analista de Meio Ambiente Itamar Magalhães, o objetivo da VLI é explorar cada vez mais soluções que respeitem o meio ambiente. “Além da energia solar, a VLI pretende priorizar a utilização de outras matrizes renováveis como as PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas) e biomassa, através do mercado livre de energia, no qual já participamos”, explica.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!