Segunda-feira, 16 de julho de 2018
Dólar R$ 3,86
Euro R$ 4,52
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 25 de agosto de 2017 - 13h42
VCPex traz o conceito pay per use para o mercado logístico
Empresa do Grupo Arcel nasce com o objetivo de oferecer serviços completos de logística com flexibilidade e de acordo com as necessidades de cada cliente

O Grupo Arcel, holding que administra negócios nos segmentos de hotelaria, empreendimentos imobiliários e concessionárias de veículos, criou a VCPex, um prestador de serviços logísticos que nasce baseado em um conceito inédito nesse mercado, chamado pay per use.

Trata-se de um modelo de negócios em que o cliente paga somente pelos serviços que utilizar, com a empresa oferecendo soluções sob medida de acordo com as necessidade apresentadas por cada caso. A ideia é que esse conceito favoreça a maximização do capital de giro dos clientes, reduzindo os custos fixos e permitindo que ele adapte seus gastos de acordo com a operação, com as flutuações de mercado e com qualquer outro fator que demande adequações, além de agilizar a gestão, transferindo possíveis problemas e burocracias.

Assim, a VCPex se baseia nos pilares velocidade, confiança e parceria – palavras cujas primeiras letras dão nome à empresa –  para oferecer serviços logísticos customizados. Os projetos são feitos sob demanda e orçados caso a caso. “Nosso objetivo é buscar entender e atender as necessidade de cada cliente. Existem muitas empresas no mercado que dizem que oferecem isso, mas na verdade elas tentam adaptar a necessidade do cliente ao que elas têm para oferecer. A VCPex quer fazer o contrário, levando ao cliente realmente o que ele precisa da forma mais flexível e dinâmica possível”, explica Mauricio Pastorello, diretor executivo da VCPex. “A própria estrutura interna do nosso armazém é formatada e equipada de acordo com o que o cliente necessita”, completa.

A empresa conta com um centro logístico localizado em Campinas (SP), em um terreno de mais de 100 mil m² no km 68 da Rodovia Santos Dumont, a apenas 5 km do Aeroporto Internacional de Viracopos. Com uma área de armazenagem de mais de 37 mil m², pé direito de 12 metros, 42 docas e piso nivelado a laser com capacidade para até 3 toneladas por m², o empreendimento possui infraestrutura completa, com pátio interno de 15 mil m², estacionamento para 28 carretas e 39 carros, área administrativa de quase mil m² e cozinha industrial e refeitório para 150 pessoas.

“O negócio é potencializado pelo grande mercado que hoje representa o interior do estado de São Paulo, segundo maior mercado consumidor do Brasil. Então a localização oferece um ótimo suporte para a distribuição na região, situada fora da capital. Além disso, o Centro Logístico Campinas funciona como suporte para operações com carga área de Viracopos”, destaca Pastorello. “Nós não estamos simplesmente alugando áreas do armazém para o cliente operar. Na verdade, todos os serviços serão realizados pela VCPex, tanto operacionais, como as atividades ligadas diretamente à armazenagem, por exemplo, quanto os não operacionais e acessórios, como de escritório e correios”.

A empresa fornece serviços on demand nas atividades de armazenagem e também de transporte a partir do centro logístico, com o oferecimento de mão de obra logística e de equipamentos para as operações. Os serviços agregáveis abrangem qualquer necessidade do cliente, com atividades como montagem de kits, picking, packing, abastecimento de linha, cross-docking e gestão de inventário. No transporte, a possibilidade de utilizar soluções compartilhadas também gera redução de custos.

Todo o back office também pode ser realizado pela VCPex, reduzindo assim a carga administrativa do cliente, e a empresa presta ainda, sem custos adicionais, assessoria técnica em logística 24 horas por dia, sete dias por semana, para garantir que o cliente esteja realmente aplicando as melhores soluções possíveis de acordo com seu negócio. Além disso, a VCPex oferece avançados sistemas tecnológicos para gerenciar as operações, com a utilização de WMS e TMS e de ferramentas de radiofrequência e códigos de barras.

A intenção é atender os clientes com o máximo de flexibilidade, disponibilizando ainda serviços contábeis, de comércio exterior, concierge, motoboy, lockers, segurança e até mesmo de limpeza da área utilizada. E os serviços de facilities e utilities contam com a expertise do Grupo Arcel. “Nós temos um DNA de empreendedorismo muito grande e também profunda excelência nos serviços prestados. Nosso hotel Royal Palm Plaza, também localizado em Campinas, é um exemplo desse preciosismo. E nós estamos levando toda essa capacidade de saber servir bem para o mercado logístico também”, comenta Maria Camila Dias, diretora executiva do Grupo Arcel.

Ela explica que a VCPex foi criada a partir de uma necessidade observada no mercado atual. “Com a crise que o país enfrenta, as empresas estão buscando se reinventar das mais variadas maneiras. A ideia surgiu devido à necessidade das companhias de atuarem sem a obrigação de assinar longos contratos, alugar espaços, se comprometer com estrutura, manutenção, contratação de mão de obra etc.”, finaliza a executiva.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!
Edson dos Santosem 30/08/2017, às 00h19
Parabens pelo artigo. Otima iniciativa, realmente o mercado de servicos ligistico tem que.criar formas diferentes para o momento que vivemos no Brasil.