Segunda-feira, 22 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,68
Euro R$ 4,22
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 15 de setembro de 2017 - 9h35
De olho na Fenatran, Scania lança novos caminhões voltados à mineração
Novos veículos da fabricante sueca prometem maior vida útil e consolidam a marca no segmento

Comemorando seis décadas de atuação no Brasil e com os olhos voltados para o 21º Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas (Fenatran), que acontece em outubro em São Paulo, a fabricante de caminhões Scania lançou, no início deste mês de setembro, sua nova linha de veículos totalmente voltados à mineração. O chamado Heavy Tipper promete trazer uma diferença fundamental: a durabilidade de pelo menos um ano a mais que a média dos caminhões do segmento.

De acordo com a companhia, os caminhões desenvolvidos para mineração, que têm sua vida útil medida por meio de horas, costumam ser produtivos por, em média, 18 mil horas em condições severas de uso, tempo equivalente a pouco mais de três anos. Os novos modelos G 480 8×4 e P 440 6×4, contudo, podem durar até 25 mil horas, o equivalente a cerca de um ano a mais na vida útil do caminhão.

O Scania Heavy Tipper promete durabilidade de pelo menos um ano a mais que a média dos caminhões do segmento

Outra novidade é a redução em até 15% do custo por tonelada transportada quando comparado com a atual linha da Scania. Essa porcentagem reflete em uma elevação de até 5% na disponibilidade da frota, além de poder proporcionar até 10% de economia de combustível por tonelada transportada.

Com essa linha, que, segundo a empresa, agrega à gama de veículos e não substitui nenhum modelo, a Scania se posiciona em uma vertente particular: o Heavy Tipper pretende preencher a lacuna entre os caminhões pesados adequados para mineração e a linha amarela – escavadeiras, carregadeiras, retroescavadeiras, entre outros veículos. Além disso, os P 440 6X4 suportam até 32 toneladas de peso líquido, enquanto o G 480 8×4 tem capacidade de 40 toneladas.

O lançamento também reflete os intuitos da companhia em aumentar suas perspectivas no mercado de mineração no país. O setor foi um dos poucos que reagiu neste ano em meio à crise econômica e obteve superávit de US$ 11,5 milhões no primeiro semestre.

Para Fabricio Vieira, gerente de Mineração da Scania no Brasil, o lançamento do Heavy Tipper se dá num momento importante de retomada da compra de caminhões para mineração. "Desde 2013 que esse mercado não dava sinais concretos de voltar a ser comprador", diz. "O cliente brasileiro vem pedindo um pacote de veículos e serviços ainda mais rentável para contribuir com os custos operacionais", completa o executivo. A montadora também pretende lançar na Fenatran seus novos motores, mais econômicos que a linha anterior segundo a empresa. Nesta edição do evento estarão presentes três novidades, o V8 de 620 cv, o novo propulsor de 13 litros com potências de 450 cv e 510 cv e o motor industrial V8 a gás para geração de energia elétrica. Os motores de 450 e 510 cv foram desenvolvidos com tecnologia de alta pressão de injeção de diesel e múltiplos pontos para diminuir o consumo de combustível, os ruídos e a emissão de gases poluentes. Já os propulsores a gás são indicados para geração de energia elétrica, e podem atender um gerador de até 477 kVA.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!
José Francisco Tararamem 16/10/2017, às 16h21
Gostaria de conseguir 4 ingressos para entrar na feira amanhã.
Somos do interior de São Paulo.
Cidade de Piracicaba