Quinta-feira, 19 de julho de 2018
Dólar R$ 3,88
Euro R$ 4,50
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 18 de setembro de 2017 - 10h22
Eadi Taubaté é reconhecida no Programa OEA
Unidade do Grupo Lachmann recebe certificação de Operador Econômico Autorizado

A Estação Aduaneira Interior (Eadi) de Taubaté (SP) recebeu recentemente a certificação de Operador Econômico Autorizado (OEA), concedida pela Receita Federal. O Programa OEA consiste na certificação dos players que atuam na cadeia logística como companhias que apresentam baixo grau de risco em suas operações, seja em relação à segurança da carga ou no cumprimento das obrigações aduaneiras.

A Eadi Taubaté está situada próxima ao entroncamento das rodovias Presidente Dutra e Carvalho Pinto e conta com área total de 22 mil m² destinados à armazenagem, sendo 9.900 m² de área coberta e 12.100 m² de pátio, totalizando uma capacidade de 500 TEUs. O local possui quatro plataformas para estufagem de contêineres, dez tomadas para contêineres refrigerados e opera com sete empilhadeiras e um reach stacker.

O recinto alfandegado pertence ao Grupo Lachmann, especializado em logística e comércio exterior, cuja unidade de negócios chamada Lachmann Terminais possui outra Eadi localizada na cidade de São Bernardo do Campo (SP). Além disso, a companhia conta com a Lachmann Agência Marítima, que conta com 18 filiais próprias no Brasil, atendendo mais de 30 portos, e representação em mais de 1.800 portos no mundo como membro da Multiport Ship Agencies Network.

Com as Eadis, o grupo proporciona a seus clientes redução de custos na armazenagem de cargas em regime aduaneiro, além de maior prazo para nacionalização e liberação das mercadorias importadas na comparação com a utilização das zonas primárias em portos e aeroportos.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!