Sábado, 16 de dezembro de 2017
Dólar R$ 3,30
Euro R$ 3,87
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 4 de outubro de 2017 - 10h11
Wilson Sons Logística expande segmento de energia solar no Brasil
Operadora logística firmou uma parceria com a chinesa Jinko Solar, líder global na fabricação de painéis fotovoltaicos

O operador logístico do segmento de energia solar no Brasil vai expandir mais ainda seus negócios. A Wilson Sons Logística acertou um contrato para apoiar a estratégia de crescimento da Jinko Solar, empresa chinesa fabricante de painéis fotovoltaicos, no país. O projeto, em um primeiro momento, tem como foco a energia solar distribuída (principalmente em residências), mas poderá atender também questões de energia centralizada envolvendo a criação de novos parques solares.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Os primeiros contêineres já deram entrada no terminal da WS Logística em Santo André (SP), e a fase inicial da operação prevê a utilização do terminal, o qual funcionará como estoque avançado da Jinko Solar no país. A ideia é atender as demandas just in time. Segundo a empresa a solução desenvolvida pela WS Logística oferece a flexibilidade necessária ao projeto, atendendo às necessidades de crescimentos em termos físicos, além da possibilidade de realização de operações integradas e completas.

Dessa maneira, diversos clientes da Jinko Solar, entre integradores e distribuidores, serão atendidos pela solução desenvolvida. Essas empresas vão contar com disponibilidade imediata do produto no país e com todo o suporte logístico necessário, otimizando sua produção e racionalizando os custos.

“Estamos muito animados com o contrato por conta da representatividade da Jinko Solar e, principalmente, pelas perspectivas de crescimento do setor no Brasil. Desde 2015 dedicamos grande esforços para aprofundar nosso entendimento sobre os desafios e demandas desse mercado e, hoje, oferecemos uma solução robusta, capaz de atender todas as empresas do segmento”, explica Patricia Iglesias Lago, diretora comercial da Wilson Sons Logística.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!