Terça-feira, 23 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,69
Euro R$ 4,24
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 4 de outubro de 2017 - 16h54
Comemorando 50 anos, FM Logistic inaugura Escola de Logística no Brasil
Projeto vai reunir 12 alunos da periferia de São Paulo em um curso de um ano sobre Supply Chain

Completando cinco décadas de atuação e quatro anos desde sua chegada ao Brasil, a FM Logistic, multinacional francesa do setor logístico, iniciou uma nova empreitada no país, dessa vez de caráter social. No dia 2 de outubro a empresa realizou uma aula inaugural da Escola de Logística, projeto concebido a partir de uma parceria entre a FM Logistic e a Fundação IOCHPE, Organização Não Governamental (ONG) que cria programas com foco no desenvolvimento de crianças e adolescentes.

O projeto só foi possível por conta do novo braço da FM Logistic, a FM Foundation, criada no começo do ano pela empresa para fomentar projetos sociais em diversos países do mundo. “Quando recebi a informação de que a fundação seria criada, já pensei na ideia da escola. Eram um sonho que eu tinha há muitos anos e agora foi possível concretizá-lo”, explica a presidenta da FM Logistic no Brasil, Michèle Cohonner, em entrevista à Tecnologística.

Aula inaugural da Escola de Logística - Foto: Divulgação
Aula inaugural da Escola de Logística - Foto: Divulgação

A integração entre as entidades participantes foi fundamental para o desenvolvimento do projeto, já que toda a questão pedagógica foi elaborada pela IOCHPE. São 28 educadores voluntários que alinham tanto a perspectiva prática do Supply Chain e da logística quanto seus aspectos técnicos.

A empresa participa e incentiva diversas empreitadas sociais em todo o mundo, porém, segundo Cohonner, é a primeira vez que a FM Logistic investe em um projeto pedagógico. As aulas são compostas por 12 alunos, todos eles originários de bairros da periferia de São Paulo próximos à sede da empresa, localizada na Rodovia Anhaguera, e o curso terá duração de um ano.

 “Esse é um projeto em que trabalhamos todos juntos para conseguir desenvolver a escola. Nossa equipe de Recursos Humanos fez várias entrevistas no bairro do Perus para selecionarmos os alunos. Também conferimos onde eles viviam. Temos o desejo de fortalecer a população local,  isso é uma característica da FM Logistic”, explica a presidenta, informando também que, ao final do curso, a empresa vai tratar de certificá-lo perante os órgãos do governo.

As aulas são compostas por 12 alunos, seis meninos e seis meninas, todos na faixa dos 18 anos. “Com certeza pensamos que eles podem vir a colaborar com a empresa no futuro, mas esse não é o foco do projeto. A ideia é preparar eles para a vida profissional e oferecer  uma possibilidade de ascensão social”, completa Cohonner.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!