Sábado, 21 de abril de 2018
Dólar R$ 3,41
Euro R$ 4,19
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 31 de outubro de 2017 - 9h14
Porto Seco Centro Oeste amplia terminal farmoquímico
O projeto teve um investimento de R$ 1,7 milhão e dobrou sua capacidade de armazenagem de fármacos, cosméticos e produtos alimentícios

Considerado um dos maiores portos secos do país, o Porto Seco Centro Oeste inaugurou na última semana o seu Terminal Farmoquímico, dobrando sua capacidade de armazenagem de fármacos, cosméticos e produtos alimentícios. O projeto foi resultado de um investimento de R$ 1,7 milhão e agora o porto conta com o que há de mais moderno em termos de armazenagem sob controle de temperatura.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Entre as novas disposições da estrutura estão o monitoramento e vigilância por câmeras 24h por dia, redundâncias em todos os sistemas de controle, gerador de 340 KVA assegurando seu funcionamento em caso de interrupção no fornecimento de energia, câmaras qualificadas, inteligente sistema de prevenção de incêndio e rigoroso controle de acesso, o que garante a manutenção da Cadeia Fria.

Segundo o diretor de Operações do Porto Seco Centro Oeste, Everaldo Fiatkoski, o maior desafio foi concluir todo o projeto em um curto espaço de tempo.  “Executar um projeto tão complexo, com frentes paralelas montadas, envolvendo desde obras civis à ajustes tecnológicos, autorizações de órgãos públicos e, ainda assim, manter o serviço do armazém em funcionamento foi uma tarefa árdua”, explica.

Localizado no município de Anápolis (GO), o porto está situado dentro do Distrito Agroindustrial da cidade, que conta com um dos maiores polos farmoquímicos da América Latina. Além de atender a este polo com liberações de insumos importados com um rápido giro de desembaraço, a empresa atende ainda os maiores laboratórios do mundo com importação de medicamentos acabados.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!