Sábado, 16 de dezembro de 2017
Dólar R$ 3,30
Euro R$ 3,87
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 5 de dezembro de 2017 - 10h34
DP World adquire 100% de participação na Embraport
Com a negociação, terminal passará a se chamar DP World Santos

A DP World, empresa dos Emirados Árabes Unidos que opera terminais marítimos e terrestres, atuando com serviços de logística e comércio exterior e também tecnologia voltada para o setor, anunciou ontem, dia 4 de dezembro, a aquisição de 66,7% da Empresa Brasileira de Terminais Portuários (Embraport), responsável pela implantação e pela operação do terminal privado de mesmo nome na margem esquerda do Porto de Santos (SP).

Até então, a Embraport pertencia à Odebrecht Transport, mas já contava com participação acionária da DP World. Com a transação, a empresa passa a deter 100% das ações. O terminal santista deverá passar por uma mudança de marca, transformando-se em DP World Santos. Os valores investidos na negociação, já aprovada pelo conselho de administração da Odebrecht Transport e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), não foram revelados.

Crédito: Embraport

A Embraport é um dos maiores terminais portuários privados multimodais do Brasil, com capacidade anual de movimentação de 1,2 milhão de TEUs. “Posicionamos a Embraport como referência em terminal de contêineres, com uma estrutura moderna e uma operação eficiente e segura. Temos muito orgulho de ter feito parte da implantação desse projeto inovador que contribui para aumentar a competitividade logística do país”, destaca Juliana Baiardi, presidente da Odebrecht Transport. A venda do terminal integra o plano estratégico de reestruturação da empresa.

“Estamos orgulhosos por nos consolidarmos ainda mais na Embraport e fortalecermos o nosso compromisso com o Porto de Santos e o futuro do comércio no Brasil”, diz o Sultão Ahmed Bin Sulayem, diretor-presidente da DP World. “Tornamos-nos um dos principais players no setor de infraestrutura da América Latina, com uma rede de terminais de contêineres no Peru, República Dominicana, Argentina, Equador e Suriname, e nos mantivemos comprometidos com o nosso papel como facilitadores do comércio global, visando uma estratégia mais ampla para desenvolver setores complementares na cadeia de suprimentos global”, completa.

O portfólio de terminais marítimos e terrestres da DP World é composto por 78 empreendimentos, apoiados por mais de 50 negócios relacionados, em 40 países situados em todos os seis continentes. A empresa conta com mais de 36.500 funcionários distribuídos em 103 países. A movimentação de contêineres é o principal negócio da DP World, sendo responsável por mais de três quartos de sua receita total. Em 2016, ela movimentou aproximadamente 64 milhões de TEUs por meio de seus terminais. Com o novo plano de desenvolvimentos e expansões, espera-se que a capacidade bruta atual de 84,6 milhões de TEUs aumente para mais de 100 milhões de TEUs até 2020.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!