Quarta-feira, 17 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,72
Euro R$ 4,31
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 13 de dezembro de 2017 - 10h49
Hyva registra crescimento nas exportações
Vendas de produtos para o exterior já representam quase 50% do faturamento líquido da empresa

A Hyva do Brasil, fabricante de cilindros, kits hidráulicos, pisos móveis e guindastes articulados, comemora o crescimento das exportações de seus produtos. A empresa anunciou, no início desde mês de dezembro, que no acumulado de 2017 as exportações já cresceram 21% na comparação com o ano anterior. Diante dos números de 2015, o crescimento é ainda maior, chegando a 34%.

Com isso, o envio de produtos para o exterior passa a contar com uma representação cada vez maior dentro das operações comerciais da Hyva. Em 2014, as exportações representavam apenas 28,8% do faturamento líquido da empresa. Já em 2017 esse índice até o momento é de 48%. Para o diretor-presidente da Hyva, Rogério De Antoni, o aumento dessa representação não se justifica somente pela baixa do mercado interno, mas também pelo próprio aumento das compras por parte de empresas estrangeiras.

A Hyva tem nos Estados Unidos, Argentina, Peru e Chile seus grandes mercados externos. O principal produto exportado pela empresa é o cilindro hidráulico, diretamente ligado aos mercados de caminhões e de implementos rodoviários. Somente essa área registrou um aumento de 20% nas exportações em relação ao ano passado. Além disso, países da Ásia são grandes compradores de guindastes.

Fundada em 1995, a Hyva do Brasil conta com duas plantas fabris localizadas no polo metalmecânico de Caxias do Sul (RS) e emprega atualmente 185 colaboradores. Presente nas 27 unidades federativas brasileiras, a empresa realiza atendimento diretamente por meio de suas fábricas nos estados em que não possui representante nomeado.

A infraestrutura da empresa conta com uma ampla rede de distribuidores e assistência técnica responsável não apenas pela demanda do Brasil, mas também dos países da América do Sul, América do Norte, Ásia e Europa, onde possui escritórios para o atendimento local.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!