Quinta-feira, 19 de julho de 2018
Dólar R$ 3,84
Euro R$ 4,46
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 11 de janeiro de 2018 - 10h38
DB Schenker e Hapag-Lloyd adotam iniciativa para reduzir a poluição nos portos
Projeto prevê a utilização de combustíveis de baixo teor de enxofre nas operações com contêineres

O operador logístico DB Schenker e a transportadora de contêineres Hapag-Lloyd lançaram uma iniciativa conjunta com o objetivo de tornar suas operações mais sustentáveis e ambientalmente corretas, focando na redução da emissão de óxido de enxofre nos portos.

Divulgação

Para reduzir o impacto da poluição, especialmente nos portos asiáticos e latino-americanos, um grande cliente do segmento cosmético, que também faz parte do projeto, paga uma sobretaxa voluntária para cada um dos seus contêineres enviados. Com o valor, a Hapag-Lloyd compromete-se a comprar combustível de baixo teor de enxofre e garante a supervisão de um auditor externo. O cliente recebe uma declaração factual sobre a mudança de combustível para todos os seus contêineres movimentados, enquanto a DB Schenker supervisiona a transação.

A iniciativa das empresas ultrapassa as regulamentações exigidas atualmente. Enquanto algumas regiões do mundo evitam as emissões de óxido de enxofre acima dos 0,1% quando os navios estão ancorados, muitos portos ainda não apresentam esse tipo de exigência e permitem que o combustível seja queimado com teor de enxofre de até 3,5%.

“Estamos orgulhosos de ingressar em uma inovadora iniciativa de meio ambiente e saúde com renomadas empresas”, destaca Andrea Dorothea Schoen, Carbon Controller e head of Climate Protection Program da DB Schenker. “Para nós isso é um marco na parceria ambiental com o expedidor e a transportadora”.

“Como uma empresa responsável, estamos felizes em demonstrar liderança ao assumir um papel ativo nesse projeto inovador. Graças à nossa parceria duradoura com a DB Schenker, podemos, em conjunto, preparar o caminho para uma melhor qualidade do ar e promover a sustentabilidade nos oceanos”, finaliza Thorsten Haeser, CCO da Hapag-Lloyd.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!