Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018
Dólar R$ 3,24
Euro R$ 4,00
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018 - 9h12
Aliança agrega mais um rebocador portuário à frota
Pampeiro, terceiro da série, tem 32 metros de comprimento e capacidade de tração estática de 70 toneladas

A Aliança Navegação e Logística batizou ontem, 16 de janeiro, no Estaleiro Detroit Brasil, em Itajaí (SC), seu terceiro rebocador portuário, que encerra a entrega de três embarcações da mesma série previstas pela companhia. Vale lembra que até 2019 a expectativa é de que a armadora receba quatro novos rebocadores de uma outra linha.

O Aliança Pampeiro, mais recente agregado à frota, juntamente com o Aliança Minuano e o Aliança Aracati, são consideradas embarcações de última geração e adequadas para navios de grande porte. Cada uma tem 32 metros de comprimento e capacidade de tração estática de 70 toneladas.

Divulgação

Segundo o diretor de Relações Institucionais da Aliança, Mark Juzwiak, os rebocadores agregam valor aos serviços oferecidos pela companhia. Isso porque, ele explica, os navios que escalam os portos brasileiros são cada vez maiores para atender o mercado crescente e oferecer aos clientes transporte com preços competitivos.

Juzwiak reforça a importância da estratégia e o porquê das aquisições. “Para assistir esses navios nas manobras de atracações e desatracações são necessários equipamentos de apoio de última geração, tanto em eficiência como em potência”, diz. Ainda de acordo com o executivo, o mercado precisa de rebocadores de grande porte e, por isso, a Aliança investiu na construção de sete unidades no Brasil.

 
Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!