Yusen Logistics computa crescimento de 15% na receita em 2017 - Portal Tecnologística
Sábado, 18 de agosto de 2018
Dólar R$ 3,91
Euro R$ 4,47
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 19 de janeiro de 2018 - 9h25
Yusen Logistics computa crescimento de 15% na receita em 2017
Resultado está alinhado ao planejamento estratégico de dobrar o tamanho das operações no Brasil até 2020

A Yusen Logistics registrou em 2017 um crescimento de 15% na receita, quando comparada ao ano anterior. Além disso, a empresa divulga que ampliou seu quadro de colaboradores e o portfólio de clientes atendidos. Os números consolidados não foram revelados.

O desempenho do ano passado está alinhado ao planejamento estratégico da empresa. O presidente da Yusen no Brasil, Edson Chiku, afirma que o objetivo é dobrar o tamanho das operações no país até 2020. “Investimos em 2017 em nossa área de Desenvolvimento Organizacional, ou seja, no treinamento constante de nossa força de trabalho, desde os funcionários de nossa base operacional, passando por nossos líderes, até nossos diretores,” ressalta.

O executivo é otimista quanto ao ano de 2018. “Queremos nos diferenciar do mercado quando o assunto é atendimento, e já estamos sentindo o resultado do investimento feito nessa direção por meio da fidelidade dos nossos atuais clientes”, diz. Ainda de acordo com Chiku, os processos estão se consolidando e a empresa agora quer ganhar mais visibilidade no mercado, aplicando recursos em marketing a fim de estreitar ainda mais o contato com os parceiros comerciais.

Para o presidente, todos os segmentos da economia ainda estão sofrendo muito com os efeitos da crise econômica. Ele lembra, porém, que as áreas mais ligadas ao consumo já apresentam sinais de recuperação. O segmento de bens de capital, no entanto, segue estagnado. Entre os desafios para o próximo ano, anuncia Chiku, está o de melhorar a lucratividade dos negócios da empresa, pressionada pela concorrência acirrada num mercado ainda em recuperação e também pela situação financeira dos clientes.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!