Sexta-feira, 25 de maio de 2018
Dólar R$ 3,64
Euro R$ 4,26
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018 - 9h53
TCP terá nova rota expressa para a Ásia
Serviço Sino South América começa a operar no próximo mês de março

A TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, no estado do Paraná, inaugura, no próximo mês de março, um serviço para a Ásia. Trata-se do Sino South América (SSA), operado quinzenalmente e com exclusividade pelo armador Pacific International Lines (PIL). O serviço, caracterizado como expresso Brasil, chega para atender aos importadores e exportadores dos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

O diretor-superintendente Comercial da TCP, Juarez Moraes e Silva, garante que o terminal é o único no Brasil a oferecer os quatros serviços disponíveis para o continente asiático. “Com a linha marítima completa para a Ásia, oferecemos aos clientes mais flexibilidade nas suas operações comerciais, o que torna o terminal ainda mais competitivo”, acredita.

A previsão é de que o primeiro navio a efetuar o serviço, o Kota Gunawan, atraque no terminal no dia 1º de março e embarque cargas congeladas, couro, minério, papel e madeira. Já no desembarque, os principais itens movimentados são maquinários, bens de consumo, produtos químicos e produtos para o setor automotivo.

Divulgação

Após a operação na TCP, a embarcação segue para Navegantes (SC) e tem na rota os portos chineses de Shangai, Ningbo e Shekou, além dos terminais de Singapura e do Rio de Janeiro.

De acordo com Moraes e Silva, a novidade amplia o número de serviços oferecidos  e dá aos clientes, ainda, mais segurança nas operações. “A TCP é o terminal com maior número de escalas semanais para a Ásia na sua área de influência. Além disso, conta com a capacidade operacional necessária para receber os maiores navios de contêineres que fazem comércio internacional na América Latina”, diz.

O executivo destaca que isso é possível graças aos investimentos realizados nos últimos anos. “Com isso, aumentamos também a produtividade, tornando Paranaguá um destino seguro para que os armadores possam operar os seus serviços. Isso porque, independente das condições climáticas, os navios conseguirão atracar de imediato e serão operados no menor espaço de tempo possível”, afirma.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!