Sexta-feira, 25 de maio de 2018
Dólar R$ 3,64
Euro R$ 4,26
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 7 de maio de 2018 - 10h45
Wex e Raízem selam acordo que beneficia caminhoneiros autônomos
Usuários poderão utilizar o cartão de frete, solução ofertada pela companhia de pagamentos, para abastecer na rede de postos de combustíveis Shell

A Wex, empresa que atua no mercado de soluções de pagamentos corporativos, estabeleceu com a Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, um acordo para que os postos de combustíveis da rede passem a aceitar o cartão Wex Frete como meio eletrônico de pagamento dos caminhoneiros autônomos.

Com o negócio, a Wex estima que será capaz de provocar uma redução de custos diretos de transporte rodoviário de cargas em toda a cadeia de logística do país. A Raízen, em contrapartida, espera um potencial aumento do volume de vendas de combustível, por meio da revenda da Bandeira Shell, justamente em função dos benefícios oferecidos pela solução da companhia de pagamentos aos motoristas autônomos

A partir de agora os mais de 60 mil caminhoneiros que já utilizam o cartão Wex Frete poderão também ser atendidos nos novos postos credenciados, além de beneficiados por todas as vantagens da plataforma de relacionamento Clube Irmão Caminhoneiro Shell, que este ano completa 30 anos.

Para o CEO da Wex na América Latina, José Roberto Kracochansky, o Brasil é um dos maiores mercados com potencial de migração dos meios de pagamentos tradicionais para o eletrônico e, no caso de pagamentos de frete, essa migração ainda está em um estágio muito inicial. “Desde a sua regulamentação, o pagamento eletrônico de frete teve uma adoção muito lenta, pois ainda não havia sido encontrado o equilíbrio na relação comercial entre caminhoneiros, transportadores e postos de combustíveis. Acreditamos que, com essa parceria, atinjamos exatamente esse objetivo.”

Já o gerente de Rodovias e Diesel da Raízen, Andreas Lips, diz que o acordo representa uma forte vantagem competitiva, além de uma excelente oportunidade de melhoria no controle de pagamento e relacionamento entre caminhoneiro e a rotina de parada no posto. “Esperamos proporcionar maior rentabilidade aos nossos revendedores da marca Shell, mais controle sobre as vendas e maior volume. O objetivo é trazer também agilidade, redução de custos e ainda mais segurança para o caminhoneiro na hora de abastecer”, completa.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!