Ford expande testes com vans híbridas na Europa - Portal Tecnologística
Quinta-feira, 16 de agosto de 2018
Dólar R$ 3,90
Euro R$ 4,44
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 11 de maio de 2018 - 11h04
Ford expande testes com vans híbridas na Europa
Veículos já estão rodando em Londres e agora serão utilizados também em Valência, na Espanha

Depois de lançar, no começo deste ano, um experimento com vans Transit híbridas plug-in em Londres, na Inglaterra, a Ford anunciou que vai realizar testes semelhantes na cidade de Valência, na Espanha. Os veículos, também chamados de Phev (sigla para plug-in hybrid electric vehicles), são aplicados na capital inglesa em diferentes tipos de serviços, desde entregas de mercadorias até a utilização por parte da polícia.

Além de serem recarregadas na tomada, as vans contam com o motor 1.0 EcoBoost a gasolina, que recarrega a bateria e aumenta a autonomia quando necessário, em especial para viagens mais longas. Os testes na cidade espanhola terão como foco a aplicação da Transit em frotas pequenas e médias, rodando mais de 50 quilômetros exclusivamente no modo elétrico, para melhorar a qualidade do ar e a mobilidade.

Divulgação

A novidade faz parte do investimento de US$ 11 bilhões da Ford para o lançamento de 40 veículos híbridos e elétricos em todo o mundo até 2022. O início da fabricação da Transit Phev em maior escala está programado para 2019. “Estamos comprometidos em enfrentar os desafios da mobilidade urbana, usando a inovação e a tecnologia para facilitar a movimentação de pessoas, bens e serviços”, destaca Steven Armstrong, presidente e CEO da Ford Europa, Oriente Médio e África. “Como não há duas cidades iguais, é vital ver a questão da mobilidade de várias perspectivas.”

“Os desafios ambientais e de mobilidade em cidades como Valência só podem ser enfrentados por uma liderança forte e inovações ousadas. Estamos muito satisfeitos com a parceria da Ford, que está trazendo suas tecnologias para a cidade”, completa Ximo Puig, presidente da Comunidade Valenciana.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!