Sexta-feira, 19 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,71
Euro R$ 4,27
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 17 de maio de 2018 - 10h35
Scania lança Super Rodotrem para o transporte de cana
Veículo chega para atender uma necessidade do mercado com um conjunto de 11 eixos e capacidade para até 91 toneladas

A Scania apresenta ao mercado o Super Rodotrem R 620 6x4 V8 de 11 eixos para 91 toneladas que chega para criar um nicho de mercado. A novidade pode ser aplicada na operação completa, desde o carregamento da cana na lavoura, passando pelas estradas de terra de acesso até a rodovia, e no trajeto de asfalto até a usina para o descarregamento.

O Super Rodotrem Scania também apresenta, segundo a montadora, um desempenho eficiente em regiões com topografia irregular, carregado total ou parcialmente. Nessas condições, o motor V8 tem facilidade para manter o desempenho, diminuindo o número de trocas de marchas, o tempo de viagem e o consumo de combustível. O motor V8, de 16 litros, desenvolve torque de 3 mil Nm.

Um dos diferenciais do Super Rodotrem Scania é o controle de tração mais inteligente. A leitura constante da rotação das rodas efetua a correção quando detectada uma patinação. Dessa forma, há um controle mais suave do deslocamento e menos desgaste dos pneus. Para um desempenho ideal, o sistema de filtragem de ar do motor, específico para a aplicação fora de estrada, fica na traseira da cabine.

Outra mudança está no sistema de freios, que recebeu uma terceira linha de ar para permitir a frenagem simultânea em toda a composição – caminhão, semirreboque e reboque – quando o freio de estacionamento for acionado. A oferta de itens de série contempla caixa totalmente automatizada Scania Opticruise, de 14 velocidades, Driver Support e freio auxiliar Scania Retarder.

Divulgação

Proposta

De acordo com a própria Scania, há alguns anos os transportadores e produtores de cana pediam um veículo que transportasse mais carga. A montadora participou desde o início das conversas de entidades do setor canavieiro. Em 2016, após compreender a demanda, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) iniciou a burocracia para autorizar a circulação. Com isso, a montadora foi escolhida para um período de testes.

A resolução entrou em vigor em abril de 2017, com o nº 663/2017. Ela mudou as regras para concessão da Autorização Especial de Trânsito (AET) para Combinações de Veículos de Carga (CVCs). As alterações são para veículos com peso bruto total combinado (PBTC) superior a 74 t e inferior ou igual a 91 t, com altura máxima de 4,40 metros e comprimento de 28 a 30 m.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!