Quinta-feira, 21 de junho de 2018
Dólar R$ 3,78
Euro R$ 4,34
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 18 de maio de 2018 - 10h57
Cargas do setor químico impulsionam os resultados na JSL
Setor representou uma fatia de 9% na composição da receita bruta de serviços do segmento de logística nos últimos 12 meses

A JSL informa que o setor químico segue mantendo importante parcela na composição de sua receita bruta. Dados divulgados pela companhia referentes ao primeiro trimestre de 2018 dão conta de que o setor registrou fatia de 9% na composição da receita bruta de serviços dos últimos 12 meses do segmento de logística, à frente dos 8,9% atingidos no ano de 2017. Ainda no primeiro trimestre de 2018, a receita bruta total de serviços foi de R$ 1,1 bilhão, crescimento de 12% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo a empresa, o desempenho está diretamente ligado à retomada da economia, que já vem sendo percebida desde o último trimestre de 2017. Para o COO da JSL, Adriano Thiele, mesmo com a economia ainda em pé de retomada a JSL vem se desenvolvendo em vários segmentos. “Somos uma empresa diversificada, já que trabalhamos em 16 setores da economia brasileira. Diante disso, ficamos menos expostos nesses momentos em que a economia vai mal ou está em processo de retomada. Mesmo na crise, alguns setores vão bem, caso do setor químico, e compensam o fraco desempenho de outros”, diz.

O executivo afirma que a JSL está sempre atenta às particularidades dos negócios e às consequentes demandas específicas de seus clientes. Além disso, completa, a companhia investe em tecnologias que aprimoram os sistemas de rastreamento de cargas e telemetria embarcada nos caminhões, que auxiliam no desenvolvimento de relatórios operacionais sobre a forma de condução do motorista para redução de custos, sobretudo com combustível e manutenção do veículo, além de aumentar a segurança das operações.

 
Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!