Multilog foca na transformação digital e na maximização das estruturas - Portal Tecnologística
Sábado, 18 de agosto de 2018
Dólar R$ 3,91
Euro R$ 4,47
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 12 de junho de 2018 - 10h19
Multilog foca na transformação digital e na maximização das estruturas
Objetivo é dobrar o faturamento em cinco anos, chegando a R$ 1 bilhão em 2022; novas aquisições estão no escopo

A Multilog divulgou que, depois de investir R$ 205 milhões em aquisições durante a crise, período compreendido entre os anos de 2016 e 2018, planeja dobrar o faturamento em cinco anos, passando dos R$ 500 milhões projetados para 2018 para R$ 1 bilhão em 2022.

Segundo informações da companhia, os investimentos estão relacionados à análise de sua estrutura nacional com o objetivo de ampliar a oferta de serviços, seja nas unidades atuais ou mercados que podem ser de interesse no futuro. Com isso, as verbas serão alocadas em todos os mercados nos quais a Multilog está presente – Sul e Sudeste – e onde haja entendimento de ser necessário algum incremento.

Divulgação

Além disso, a companhia, que está completando 22 anos de atuação, tem outros focos. Segundo o presidente, Djalma Vilela, a curto prazo a Multilog trabalha fortemente em eficiência e produtividade por meio da revisão de processos e sistemas operacionais e está atenta às transformações digitais. A meta é se preparar para ter um dos pilares do negócio oriundo da tecnologia com foco no e-commerce. “Estamos destinando uma parte de um armazém para o desenvolvimento de uma plataforma de coleta e entrega de mercadorias no formato digital, serviços que os clientes deste segmento exigem”, destaca.

O executivo ressalta que o ritmo de consolidação das operações adquiridas da Elog no Sul, em 2016, levou a empresa a adquirir as operações da Elog no Sudeste, em março deste ano. O planejamento da companhia, agora, é maximizar o desempenho da estrutura atual, que conta com 18 unidades no Sul e no Sudeste do Brasil, nos próximos dois anos.

Ainda segundo ele, as aquisições estabeleceram a Multilog com estruturas de armazenagem e distribuição extremamente adequadas às necessidades do mercado. “Após essa fase de estruturação interna, estamos preparando nossas áreas para serem melhor utilizadas em todo o processo da cadeia logística”, resume.

O movimento de negociar e ampliar o escopo de atuação junto ao mercado também está previsto. “Novas aquisições estarão em pauta a partir de 2020. Dentro do nosso planejamento estratégico, elegemos os vetores de crescimento que irão sustentar esses movimentos, que são áreas alfandegadas, centros de distribuição e transporte”, adianta Vilela.

Desde 2016, a Multilog passou por um forte ciclo de crescimento, deixando de ser uma empresa de logística, transporte e armazenagem com atuação apenas em Santa Catarina e com 300 colaboradores para tornar-se um dos maiores operadores logísticos do país, com 1.510 colaboradores e mais de 1,5 milhão de m² de área alfandegada.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!
Paulo Roberto Daneliczenem 14/06/2018, às 16h33
Planejamento a longo prazo...
Visão e conhecimento de mercado.