Terça-feira, 20 de novembro de 2018
Dólar R$ 3,76
Euro R$ 4,30
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 4 de julho de 2018 - 15h08
Rumo e ECTP triplicam capacidade do terminal ferroviário de Chapadão do Sul
Estrutura foi reinaugurada depois de receber investimentos de R$ 27 milhões

A Rumo e a Engelhart Commodities Trading Partners (ECTP) inauguraram hoje, dia 4 de julho, o novo terminal ferroviário de Chapadão do Sul (MS), que passou por obras de ampliação que demandaram investimentos de aproximadamente R$ 27 milhões.

O plano de obras foi dividido em duas etapas. Inicialmente, o trabalho contemplou a reforma estrutural do terminal para garantir a reativação das operações. Já na segunda fase, os serviços foram concentrados na ampliação da estrutura: foram instalados um novo tombador e duas novas tulhas, com aumento na capacidade estática de 9 mil para 39 mil toneladas.

No acumulado de 2017, o empreendimento movimentou 600 mil t de soja e milho. Agora, com a ampliação, o terminal receberá mais de 2 milhões de t por ano, triplicando o potencial de expedição de cargas na região.

Divulgação

Localizado no principal corredor ferroviário de exportação do país e com importante papel no escoamento da safra do Centro-Oeste, o terminal de Chapadão do Sul deve diversificar a oferta e captar cargas dos municípios dos estados do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás.

“Trabalhamos estrategicamente para garantir investimentos de grande porte nunca feitos antes na região. A obra reforça o nosso compromisso no escoamento da produção nacional”, destaca Julio Fontana Neto, presidente da Rumo.

Além dos ganhos operacionais, a modernização da estrutura do terminal proporcionará benefícios ambientais. A estimativa é de um crescimento de 300% na movimentação de cargas pelo modal ferroviário. O valor equivale a cerca de 35 mil viagens de caminhões por ano, mudança que ameniza os gargalos logísticos e reduz significativamente a emissão de poluentes.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!