Segunda-feira, 23 de julho de 2018
Dólar R$ 3,79
Euro R$ 4,44
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 5 de julho de 2018 - 10h53
VLI firma acordo com a Tereos para a movimentação de açúcar
Dois armazéns serão construídos para suportar o negócio; indústria investirá R$ 145 milhões, enquanto o provedor logístico destinará recursos orçados em R$ 60 milhões

A VLI e a Tereos Commodities, companhia que atua na produção de açúcar, anunciaram, na última semana de junho, um investimento conjunto para a construção de dois armazéns de açúcar no estado de São Paulo e a assinatura de um contrato de longo prazo para o transporte de 1 milhão de toneladas de açúcar bruto por ano. As estruturas serão instaladas dentro do sistema ferroviário da VLI, que começa no interior de São Paulo e termina no Porto de Santos (SP). Durante este ano fiscal e o próximo, a Tereos investirá um total de R$ 145 milhões, enquanto a VLI destinará aportes estimados em R$ 60 milhões em dois anos.

Com o acordo, a indústria assegura infraestrutura logística para o escoamento, do interior do estado até o porto, da sua atual produção própria de açúcar bruto e vendas originadas por trading – garantindo a expectativa de crescimento dessas operações. Já a VLI agrega às movimentações da Tereos sua experiência e conhecimento em transportes de cargas em grande escala.

Operação

A assinatura do contrato entre as empresas prevê um acordo comercial para o transporte ferroviário de açúcar bruto com destino à exportação. As cargas partem do terminal intermodal da VLI na cidade de Guará, na Região Noroeste do estado de São Paulo, próximo ao polo de produção da Tereos, e seguem pelos trilhos até o Terminal Integrador Portuário Luiz Antonio Mesquita (Tiplam), em Santos, pertencente à VLI.

Divulgação

Os armazéns que serão construídos em Guará destinados à estocagem de açúcar bruto terão capacidade para 80 mil t. No Tiplam, a estrutura que será concebida terá a possibilidade de receber até 114 mil t. Vale lembrar que ambos serão operados pela VLI.

De acordo com o provedor logístico, de 2013 a 2017 o açúcar transportado por essa malha dobrou –  passando de 2,3 milhões de t para 4,6 milhões de t –, impulsionado pela operação desses terminais.

Segundo a Tereos, o investimento anunciado, em um mercado-chave para o açúcar como o Brasil, oferece uma sólida plataforma de entrada para a empresa no segmento logístico brasileiro, um passo importante para aprimorar os negócios de açúcar bruto. Durante o último ano fiscal, a Tereos comercializou cerca de 1,4 milhão de t de açúcar no mundo, aumento de cerca de 40% em relação ao ano anterior.

Para o diretor-presidente da Tereos, Alexis Duval, essa ação reforça a importância de se investir em logística no Brasil e a relevância da divisão brasileira de açúcar para a companhia. “É uma grande oportunidade para a Tereos ter uma parceria de longo prazo com uma empresa líder em logística com um sistema integrado de última geração. Esse investimento fortalecerá a presença da Tereos no Brasil”, afirma.

Na opinião de diretor-presidente da VLI, Marcello Spinelli, a empresa tem como principal compromisso transformar a logística no Brasil, sempre compartilhando valor com seus parceiros. “O anúncio com a Tereos enfatiza nossa missão de oferecer soluções logísticas integradas ao negócio de nossos clientes, e a VLI tem a estrutura ideal para esse acordo estratégico”, garante. O executivo salienta, ainda, que a companhia investiu mais de R$ 9 bilhões em 2013 em um sistema integrado de logística, interligando ferrovias, terminais e portos. “O fato de termos dobrado o volume de transporte de açúcar nos últimos anos é um grande resultado desses investimentos”, explica.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!