Quarta-feira, 25 de julho de 2018 - 14h25
Aliança recebe em Itajaí seu quinto rebocador portuário
Embarcação, que compõe o lote de sete equipamentos, possui 32 metros de comprimento e capacidade de tração estática de 70 toneladas bollard pull

A Aliança Navegação e Logística batizou hoje, dia 25 de julho, no Estaleiro Detroit Brasil, em Itajaí (SC), seu quinto rebocador portuário, o Aliança Levante. A nova embarcação, que integra uma série de sete, possui 32 metros de comprimento e capacidade de tração estática de 70 toneladas bollard pull. A empresa espera receber as duas últimas embarcações até o final deste ano.

Para o diretor executivo da Aliança, Martin Susemihl, os rebocadores oferecem mais versatilidade e segurança para as operações. “Eles têm mais tecnologia embarcada e irão atuar em diversos portos brasileiros para apoio portuário, assistindo atracações de navios de diversos armadores, entre eles Maersk, Hamburg Süd e Aliança. Os primeiros já estão em Santos e Itapoá”, destaca.

Divulgação

Além do Levante, a companhia já recebeu o Aliança Minuano, Aliança Aracati, Aliança Pampeiro e Aliança Mistral. Estes, de acordo com a empresa, possuem um nível superior de automação (classe Automatic Bridge Centralized Control Unmanned), permitindo que os controles do sistema de propulsão sejam inteiramente comandados e monitorados pelo passadiço.

Para batizar o Aliança Levante, a companhia escolheu Rosilene Carvalho de Senna como madrinha. Rosi, como é chamada, ingressou na Aliança em 1986, como programadora. Passou pelos departamentos Financeiro, de Documentação e Controladoria, até chegar à gerência da área de Recursos Humanos, onde atua desde 2012.