Terça-feira, 25 de setembro de 2018
Dólar R$ 4,08
Euro R$ 4,81
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 11 de setembro de 2018 - 12h53
Mercado de implementos rodoviários cresce 52,91% de janeiro a agosto
Números mostram, porém, que o segmento ainda não se recuperou da crise dos últimos anos

De acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir), o setor emplacou um total de 55.804 equipamentos de janeiro a agosto deste ano, número que corresponde a um crescimento de 52,91% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram comercializados 36.494 implementos, entre reboques, semirreboques e carrocerias sobre chassis.

Segundo a entidade, apesar do crescimento as vendas mostram que a economia nacional está reagindo lentamente. “A crise fez recuar nosso desempenho de tal ordem que levaremos muito tempo para nos recuperar”, afirma Norberto Fabris, presidente da Anfir. Há dez anos, no período compreendido entre janeiro e agosto de 2008, a indústria de implementos rodoviários entregou ao mercado 88.301 unidades, 58% acima das vendas observadas no mesmo período deste ano.

“Se os negócios estão aquecidos a nossa indústria recebe os benefícios, mas quando não, nós sofremos as consequências”, analisa Fabris, indicando que o setor de implementos rodoviários está diretamente ligado aos demais segmentos da economia. Atualmente, aproximadamente mais de 60% das mercadorias que circulam pelas ruas e estradas do país o fazem a bordo de implementos rodoviários.

Considerando somente os reboques e semirreboques, o mercado brasileiro absorveu um total de 28.133 implementos nos oito primeiros meses de 2018, crescimento de 84% em relação aos 15.290 equipamentos emplacados no mesmo período do ano passado. Já o segmento de carrocerias sobre chassis vendeu 27.671 unidades, contra as 21.204 de janeiro a agosto de 2017, crescimento de 30,5%.

Por fim, foram vendidos a mercados externos 1.756 implementos rodoviários nos oito primeiros meses deste ano, o que representou uma retração de 19,56% nas exportações feitas pelo mercado brasileiro na comparação com as 2.183 unidades vendidas a outros países no mesmo período do ano passado.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!