Quinta-feira, 22 de novembro de 2018
Dólar R$ 3,78
Euro R$ 4,33
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 1 de novembro de 2018 - 11h53
Thomson Reuters vai adquirir empresa que atua no gerenciamento do comex
Compra permitirá o fornecimento de uma plataforma tecnológica única e escalável

A companhia multinacional de tecnologia e notícias Thomson Reuters assinou, no último mês de outubro, um acordo para adquirir a Integration Point, empresa norte-americana que atua no gerenciamento de comércio exterior. A conclusão da aquisição está sujeita às aprovações e condições regulamentares padrão, e os termos da transação não foram divulgados.

A novidade apresenta sinergia com as operações de comércio exterior da plataforma OneSource da Thomson Reuters e expande o compromisso da companhia com ofertas de software e na nuvem. A ferramenta da Integration Point permitirá que a Thomson Reuters forneça uma plataforma de gerenciamento de comércio global única e escalável, além de atender aos clientes com uma solução ainda melhor, sem duplicar os custos de desenvolvimento.

“Recentes discussões sobre acordos comerciais multilaterais, como a Trans-Pacific Partnership (TPP), o acordo entre Estados Unidos, México e Canadá e o Brexit ilustram a complexidade das negociações multilaterais e os requerimentos de compliance regulatório que nossos clientes enfrentam”, disse Jim Smith, presidente e CEO da Thomson Reuters. “Essa aquisição fortalecerá nossas ofertas para o mercado em ampla expansão de comércio exterior e apoiará nossa posição de liderança na intersecção entre a regulamentação e o comércio.”

“Este ano quebramos diversos recordes na Integration Point em muitas frentes”, disse Tom Barnes, CEO da Integration Point. “Olhando para o futuro, estou empolgado com as oportunidades que criaremos para nossos clientes e para nossa equipe ao combinar a plataforma global da Integration Point e a especialização em conformidade comercial com a marca, os recursos e a presença global da Thomson Reuters.”

A Integration Point fornece soluções para gerenciamento de importação e exportação, classificação de produto, qualificação de acordo de livre comércio, triagem de exportação, devolução, zonas de comércio exterior, segurança da cadeia de fornecimento e validação pós-entrada. Ao oferecer visibilidade e conhecimento localizado para mais de 200 países e territórios em uma única plataforma baseada na web, a empresa permite que as companhias atinjam conformidade global e aumentem a economia na cadeia de suprimentos.

Startups

No dia 31 de outubro, a Thomson Reuters realizou, em São Paulo, a segunda edição de seu programa de aceleração de startups, o Accelerator Day for Taxtech & Comextech. Dentre as quatro empresas selecionadas está a curitibana LogComex, na categoria Comércio Exterior.

A startup propõe a automação e a unificação de dados referentes a importações e exportações para garantir acesso a informações sobre a operação e o monitoramento das mercadorias em tempo real, centralizada, de forma transparente, com automatização dos processos e integração com todos os sistemas de gestão das companhias.

Além do segmento de Comércio Exterior, o programa contempla empresas dos setores Tributário e Fiscal, e as demais startups selecionadas foram a BirminD, de Sorocaba, a Data Policy, de Brasília, e a Dattos, de São Paulo.

O programa é realizado com o apoio da Associação Brasileira de Lawtechs & Legaltechs (AB2L) e da Campinas Tech, comunidade dedicada ao desenvolvimento do ecossistema de startups da região de Campinas (SP). O processo de aceleração das quatro selecionadas se inicia hoje, dia 1º de novembro, e se estende até o dia 29 de janeiro de 2019.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!