Quinta-feira, 22 de novembro de 2018
Dólar R$ 3,78
Euro R$ 4,33
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 5 de novembro de 2018 - 9h52
DHL realiza movimentação de carga de projeto no Ceará
Operador logístico gerenciou a exportação de 84 pás eólicas da fábrica da Vestas com destino aos Estados Unidos

A DHL Global Forwarding, divisão do Deutsche Post DHL Group especializada em fretes aéreos, marítimos e rodoviários, realizou a gestão de um projeto logístico que transportou 84 pás eólicas da fábrica da multinacional de origem dinamarquesa Vestas, localizada a 17 km de Fortaleza, até o Porto de Pecém, também no estado do Ceará, com destino aos Estados Unidos.

As pás foram embarcadas em um único navio para exportação. Além do elevado valor agregado, os itens têm 54 metros de comprimento e pesam mais de 12 mil kg, o que demandou um planejamento operacional especial que observou as restrições de circulação e também o monitoramento do movimento do trânsito. O transporte faz parte de um programa maior de exportação, que teve início no começo do ano e deve se encerrar no primeiro trimestre de 2019, com a movimentação de um total de 600 pás eólicas.

Divulgação
Divulgação

Segundo o diretor de Projetos Industriais da DHL Global Forwarding, Cláudio Ramos, tratou-se de um trabalho sensível e que exigiu máximo cuidado por parte do operador logístico, uma vez que as pás são delicadas e podem sofrer avarias imperceptíveis externamente. “Com o planejamento e os estudos necessários, os desafios podem ser superados sem comprometer a agenda e a eficiência do negócio. Tudo isso dentro de nossa política de dano zero, ou seja, sem avarias”, afirma.

Movimentação

Com experiência nacional e internacional no transporte de cargas ultrapesadas e sobredimensionadas, a DHL montou uma solução envolvendo uma carreta especial extensível e dois guindastes. As pás foram transportadas por via rodoviária em lotes de seis por dia, empilhadas em três alturas, a baixa velocidade, de 20 a 30 km/h. No terminal marítimo, as pás foram desembarcadas do caminhão e estocadas em um armazém até a movimentação final até o berço de embarque para o navio. Essa operação se desenrolou ao longo de 15 dias, sendo quatro apenas para o embarque no navio.

“Conforme as turbinas eólicas da Vestas se tornam mais altas e as pás ficam mais longas, a logística de transporte se torna mais relevante e mais complexa. No Brasil, temos o prazer de trabalhar com a DHL, uma empresa capaz de entregar um frete com um tamanho desse tipo, e se adaptar às necessidades especiais que temos como um dos principais fabricantes de turbinas eólicas”, diz o diretor geral da Vestas para o Brasil e Sul da América Latina, Rogerio Zampronha.

A DHL foi responsável ainda pelo desembaraço aduaneiro das pás. “Esse processo demandou atenção especial também, uma vez que alguns componentes das pás estavam no regime de importação temporária e os demais em regime de exportação regular. Ao final, realizamos o processo com sucesso e sem impactar o cronograma de embarques”, completa Ramos, diretor de Projetos Industriais da DHL Global Forwarding.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!