Sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 - 13h06
Sulista cresce 17% no ano e projeta um 2019 ainda melhor
Previsão da companhia é crescer cerca de 20% no próximo ano

A Transportadora Sulista anuncia que cresceu 17% em 2018 na comparação com o ano anterior, superando a previsão previamente estabelecida, de crescer 15%.

Durante o ano, a companhia realizou investimentos de R$ 12 milhões em diversas inciativas. Dentre os destaques está o lançamento de um aplicativo próprio, por meio do qual o cliente da Sulista consegue integrar facilmente informações de sua logística de entrada e saída de materiais. Ele tem acesso, em tempo real, pelo celular, às informações de sua carga, sem a necessidade de entrar em contato com a transportadora.

Divulgação
Divulgação

Outra novidade na Sulista foi a estruturação da área de Projetos. Responsável pela identificação de oportunidades de melhorias internas e externas, o departamento trabalha principalmente na fidelização de clientes com projetos no conceito ganha-ganha.

Divulgação
Divulgação

“Por meio da atitude de parceria, compartilhando melhores práticas, algo que já faz parte do DNA da Sulista, buscamos conhecer a operação dos clientes e encontrar formas de fazer diferente, fazer melhor o nosso trabalho”, conta Josana Teruchkin, diretora executiva da companhia. A diferença, muitas vezes, está em reduzir estrutura, aumentar a capacidade de transporte por meio de veículos especiais, sinergia de operações e alteração de horários que resultem em menores custos, tanto para o cliente como para a própria Sulista.

“É uma área nova que crescerá muito dentro de nossa organização, pela relevância que os clientes dão aos projetos de melhoria contínua e o reconhecido sucesso que estamos tendo com os projetos já implementados”, completa Josana. Em 2018 a empresa investiu ainda na obtenção da certificação ISO 14001, que valida seu compromisso com as práticas mais sustentáveis e a prevenção e proteção ambiental.

Para 2019, a expectativa da Sulista é crescer cerca de 20%. “Trabalharemos para conquistar novos clientes e seguiremos com o processo de diversificação para novos segmentos”, conta Josana, que aguarda a nova frota, com 40 ativos adquiridos este ano, que chegará durante o primeiro semestre de 2019.

Além disso, a companhia contará com o desenvolvimento de um novo módulo no ERP, com indicadores de performance em tempo real, e já no mês de janeiro deve estabelecer seu planejamento estratégico visando os próximos cinco a dez anos.