Sexta-feira, 11 de janeiro de 2019 - 11h08
Mercedes fecha 2018 com desempenho positivo em todos os segmentos
Ao todo, foram mais de 21 mil modelos da marca emplacados, crescimento de 44% frente ao ano anterior

A Mercedes-Benz do Brasil divulga que emplacou em 2018 mais de 21 mil modelos da marca, resultado que conferiu à montadora 27,8% de participação de mercado. O volume comercializado é 44% superior ao registrado em 2017.

Segundo o presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO para a América Latina, Philipp Schiemer, o grande destaque do ano foi o avanço da marca em caminhões pesados, segmento que mais representa o crescimento da atividade econômica no país. “Com quase 10 mil unidades emplacadas, lideramos o segmento em 2018 e dobramos as vendas em relação a 2017, saindo de 26,2% para 28,6% de participação nessa competitiva categoria”, ressalta.

De acordo com o executivo, as renovações e ampliações de frotas, que começaram a surgir mais intensamente no segundo semestre de 2018, tendem a ter continuidade. “Com investimentos em nossas fábricas e a contratação de colaboradores, nossa empresa está aumentando o ritmo de produção de caminhões, a fim de atender às demandas do mercado”, diz.

Na avaliação de Schiemer, o Brasil ainda tem demanda reprimida por caminhões. Para ele, o cenário é favorável, com juros baixos, inflação controlada e há perspectiva de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). “Isso aumenta a confiança na economia do país e estimula investimentos. Estamos, portanto, otimistas como há muito tempo não ficávamos. Acreditamos na melhora do mercado e aumento da produção em 2019.”

Além do mercado interno, as exportações merecem destaque. Ao todo, foram 6.133 caminhões, tendo como principais destinos Argentina, Chile, Peru e países do Oriente Médio e da África.

Divulgação
Divulgação

Comercial

No segmento de vans, a montadora também computou números positivos com a comercialização da Sprinter. Em 2018, a montadora alcançou 36% de participação e emplacamento de 8.299 unidades, entre vans de passageiros, furgões e chassis com cabina. “Dessa forma, reafirmamos a liderança reconquistada em 2017 após dez anos”, informa o diretor de Vendas e Marketing de Vans da Mercedes-Benz do Brasil, Jefferson Ferrarez. O executivo completa dizendo que em sete anos a companhia aumentou o market share da Sprinter em 21 pontos percentuais, saltando de 15% em 2012 para 36% no ano passado.

As vendas de furgões Sprinter cresceram 49% em 2018, com 3.819 unidades emplacadas, frente a cerca de 2.561 unidades do mesmo período de 2017. O crescimento de vendas vem sendo puxado por atividades como distribuição urbana, e-commerce e aplicação como ambulâncias.

O crescimento de vendas da linha Sprinter também é significativo nas demais categorias. Com 974 unidades em 2018, a linha de chassis com cabina alcançou um crescimento de vendas de 16%, também motivado por demandas da distribuição urbana e do e-commerce.