Segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019 - 10h19
BTP reforça segurança com tecnologia inédita no Porto de Santos
Equipamento realiza a captação de água do mar para combater incêndios

A Brasil Terminal Portuário (BTP) acaba de adquirir um novo equipamento projetado para captar a água do mar em caso de combate a incêndios, tornando-se o primeiro terminal de contêineres do Porto de Santos (SP) a investir neste tipo de tecnologia. A motobomba, como é chamado esse equipamento da fabricante Germek, permite ao terminal ter ainda mais autonomia, agilidade e segurança no combate a incêndios.

Além da aquisição da motobomba, foi preciso também investir no treinamento específico de toda a equipe da BTP que atua em situações emergenciais, composta por bombeiros, técnicos em segurança do trabalho e brigadistas. Todo o corpo técnico foi capacitado para utilizar o novo recurso de forma assertiva, ágil e segura.

Divulgação
Divulgação

Para Marcelo Almeida, gerente de Segurança do Trabalho da BTP, a nova aquisição reforça o compromisso da BTP com a segurança das pessoas e de suas operações. “Estamos cada vez mais preparados para combater situações de emergência em nossas instalações. O investimento feito com a compra desse equipamento integra um plano mais amplo da empresa, focado na prevenção e no controle de riscos de acidentes que possam acontecer na área portuária, sejam eles de qualquer natureza, de pequena, média ou grandes proporções.”

O terminal da BTP possui capacidade de movimentação anual de até 2,5 milhões de TEUs. Com 1.108 metros de cais, está preparado para receber três navios da classe new panamax simultaneamente e atende embarcações com rotas para todos os continentes, além de serviços de cabotagem e feeder.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!