Terça-feira, 12 de fevereiro de 2019 - 10h23
ZF é reconhecida pelo Programa OEA
Companhia foi certificada em categorias relacionadas tanto à importação quanto à exportação

A ZF, companhia que atua na produção de peças automotivas, em especial transmissões, acaba de receber a certificação de Operador Econômico Autorizado (OEA) da Receita Federal, nas categorias OEA-S, de Segurança na Exportação, e OEA-C de Conformidade para Importação.

De acordo com a própria companhia, a busca pela certificação teve início há dois anos, baseando-se em boas práticas de divisões de negócios já certificadas, como a planta industrial de Limeira (SP). Para isso, um time multifuncional liderado pela área de Comércio Exterior envolveu as competências das áreas de Compras, Engenharia, Logística e Segurança Patrimonial, além dos times de Tecnologia da Informação, Recursos Humanos, Legal e de Marketing.

“A certificação é mais um reconhecimento dos nossos esforços em mantermos a dianteira das boas práticas de gestão e de processos”, destaca Wilson Bricio, presidente da ZF América do Sul. “Com ela passamos a ser oficialmente reconhecidos como um operador com nível mais seguro possível em negócios internacionais.”

“A partir do atendimento a todas as exigências que cumprimos com a certificação, teremos um canal direto com a Receita Federal, com uma série de outros benefícios, como a otimização de procedimentos relacionados aos nossos processos logísticos de importação e exportação. Com a OEA, reduziremos significativamente o tempo de desembaraço, o que impactará de forma positiva toda a cadeia, mitigando riscos de imprevistos e atrasos nos processos logísticos como um todo”, explica Ana Ribeiro, gerente Fiscal e de Comércio Exterior da ZF.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!