Quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019 - 15h45
Volvo cresce 81% no segmento de caminhões pesados
Empresa inicia 2019 com o anúncio de novos investimentos e 300 novas contratações

A Volvo divulgou, em evento realizado hoje, dia 13 de fevereiro, em São Paulo, os resultados obtidos em 2018 e também as perspectivas da empresa para 2019. O grande destaque da montadora no ano passado foi o segmento de caminhões pesados, com 9.138 veículos comercializados no Brasil, número que representou um crescimento de 81% na comparação com 2017.

O modelo FH 540cv 6x4, em particular, apresentou ótimo desempenho, ocupando o primeiro lugar no ranking dos pesados e figurando também como o caminhão mais vendido no Brasil e na América Latina considerando todas as classes. Além disso, a Volvo foi a empresa vice-líder no mercado brasileiro de caminhões como um todo em 2018.

Volvo FH 6x4. Crédito: Divulgação
Volvo FH 6x4. Crédito: Divulgação

“A Volvo se consolida mais uma vez como a melhor opção em transporte comercial no Brasil”, declarou Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina. Ele lembra que a montadora tem uma participação de 26,3% no país, mais de um quarto do mercado total na categoria de pesados. “O desempenho do pesado Volvo FH, o caminhão mais vendido do continente, mostra o quanto nossa marca tem alto reconhecimento em todos os segmentos. Estamos muito orgulhosos em entregar o melhor caminhão nesse momento de retomada do mercado de transportes no país”, completou o executivo.

O Brasil representa o maior mercado de caminhões pesados da América Latina, mas a Volvo também se destaca em outros países, como o Peru, onde a marca é líder absoluta no segmento, com 27,9% de market share. A empresa se destaca ainda nos mercados argentino, com 19,1% de participação, e chileno, com 17% do total de caminhões pesados.

A Volvo também foi a marca que mais cresceu no segmento de semipesados acima de 16 toneladas de peso bruto total (PBT), com uma expansão de 66% nas vendas, um resultado bastante superior ao do próprio segmento no Brasil, que aumentou 32% na comparação com o ano anterior. Levando-se em consideração todos segmentos em que atua, acima de 16 toneladas, a Volvo registrou o maior crescimento entre todas as marcas, com um aumento de 79% em relação a 2017, o equivalente a 10.642 unidades e 20,2% de market share.

Além disso, a empresa conquistou resultados significativos também no segmento fora de estrada. No setor sucroalcooleiro, por exemplo, a Volvo é líder no segmento de caminhões pesados, com 46% de participação. A montadora também foi a empresa que mais cresceu em market share no Brasil no transporte fora de estrada pesado, com uma elevação de 55%.

Para 2019, a previsão do Grupo Volvo é que a economia brasileira continue se recuperando e que as vendas de caminhões acompanhem esse ritmo. A empresa começou o ano contratando 300 novos funcionários, aumentando o segundo turno de caminhões e ampliando em mais R$ 250 milhões os investimentos até 2020.

Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina
Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina

“Nossa decisão de novos investimentos e contratações é resultado dos sinais consistentes de retomada da economia e da expectativa de um aumento de cerca de 30% no mercado total de caminhões no Brasil”, declarou Lirmann. Os R$ 250 milhões que serão investidos até o final de 2020 são um volume adicional ao total de R$ 1 bilhão que o grupo está investindo no período de 2017 a 2019. “São novos recursos para todos os negócios da marca no Brasil: caminhões, ônibus, equipamentos de construção e motores marítimos e industriais, na pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços”, explicou o presidente.