Terça-feira, 26 de fevereiro de 2019 - 16h26
Terex vende seu negócio de guindastes móveis para companhia japonesa
Fábrica da Demag, localizada na Alemanha, também faz parte da negociação

O grupo norte-americano Terex anunciou hoje, dia 26 de fevereiro, que estabeleceu um acordo para a venda da Demag Mobile Cranes –  unidade que atua no mercado de guindastes móveis –, para a companhia japonesa Tadano, por aproximadamente US$ 215 milhões. O portfólio de equipamentos da Demag abrange guindastes para todo tipo de terreno e também sobre esteiras.

A negociação inclui a fábrica situada em Zweibrucken, na Alemanha, além de diversos locais de vendas e prestação de serviços. A compra da Demag está sujeita às aprovações regulamentares do governo e outras condições habituais, e deve ser concluída no meio de 2019.

“Os membros da equipe dedicada da Demag Mobile Cranes fizeram contribuições significativas para a Terex e para o setor de guindastes. A venda é baseada em uma forte lógica industrial, já que o negócio Demag se tornará parte de uma empresa global de guindastes com produtos e capacidades complementares”, analisa John Garrison, presidente e CEO da Terex.

“Essa é uma aquisição estratégica que oferece à Tadano um espaço considerável para o crescimento. A incorporação da respeitada marca Demag de guindastes todo-terreno e grandes guindastes de esteira estende nossas linhas de produtos e opções para os clientes”, diz Koichi Tadano, presidente e CEO da Tadano.

Com a venda da Demag, a Terex vai deixar de fabricar guindastes móveis também na sua fábrica localizada no estado de Oklahoma, nos Estados Unidos. “Essas mudanças simplificarão nossa operação no local, que continuará a produzir manipuladores telescópicos e unidades remanufaturadas para nosso segmento de plataformas de trabalho aéreas e vários produtos para nosso segmento de processamento de materiais”, explica Garrison.

Apesar de estar saindo do negócio de guindastes móveis, a Terex vai continuar comercializando peças e oferecendo serviços e suporte aos clientes do setor.