Segunda-feira, 18 de março de 2019 - 11h27
Segunda fase da ampliação do Tegram é iniciada
Iniciativa envolve a duplicação da linha de embarque para operar mais um berço de atracação

O Consórcio Tegram-Itaqui anuncia a segunda fase do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), no Porto do Itaqui, localizado em São Luís, capital do estado, com a contratação de obras e equipamentos. A expectativa é que a operação seja iniciada no primeiro semestre de 2020. Nesta etapa, cujo cronograma foi apresentado pelo consórcio à Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) em agosto de 2018, após o terminal movimentar 5,4 milhões de toneladas no ano fiscal finalizado em julho, os volumes de movimentação de grãos (soja, milho e farelo de soja) serão redimensionados para mais de 12 milhões de t ao ano.

Para alcançar esse volume, a segunda fase do Tegram envolve a duplicação da linha de embarque para operar mais um berço de atracação, que funcionará de forma simultânea ao berço atualmente utilizado. Para isso, a infraestrutura demandará a aquisição de um segundo shiploader para carregamento de navios, que permitirá alcançar uma taxa de embarque de 5 mil t de grãos por hora, e a ativação de uma segunda moega ferroviária, que permitirá a descarga de oito vagões simultaneamente, a uma taxa de 4 mil t de grãos por hora. Quando concluída a segunda fase, a expectativa do Tegram é receber 80% do volume pelo modal ferroviário e os 20% restantes pelo modal rodoviário.

Atualmente, a capacidade operacional do terminal prevê o embarque superior a 7 milhões de t de grãos ao ano. Para operar um berço de atracação, a sua infraestrutura é composta por quatro armazéns com capacidade estática de 500 mil t de grãos (125 mil t por armazém) e equipamentos de alta tecnologia, como um shiploader, moegas rodoviárias com oito tombadores (dois em cada armazém) que permitem receber mais de 950 caminhões ao dia (total de 44 mil t descarregadas a cada 24 horas) e moega ferroviária com capacidade para descarregar quatro vagões simultaneamente, a uma taxa de 2 mil t de grãos por hora (composições de 80 vagões, com capacidade líquida de 100 t por vagão).

Em 2018, o Tegram registrou a movimentação de 6,3 milhões de t de grãos, embarcadas em 99 navios que partiram para Ásia, Europa, África e América do Norte. O volume foi 43,2% superior aos 4,4 milhões de t movimentadas no ano anterior, que partiram do terminal em 70 navios.