Terça-feira, 19 de março de 2019 - 11h54
Hidrovias do Brasil doa estudo para concessão da BR-163/230
Documento inclui mapeamento, pesquisas locais e modelos matemático e financeiro

A Hidrovias do Brasil colaborou com o governo federal brasileiro doando um estudo que servirá como base para o edital de concessão da BR-163/230, no trecho entre as cidades de Sinop (MT) a Miritituba (PA). O termo de doação do estudo foi assinado na última sexta-feira, dia 15 de março, em Brasília.

O trabalho analisa o crescimento da produção no estado do Mato Grosso e apresenta uma estratégia para que o fluxo de veículos na rodovia ocorra sem gargalos, prevendo um nível de serviço compatível com o fluxo de caminhões, podendo transportar 20 milhões de toneladas anuais de grãos.

Ele inclui o mapeamento completo da rodovia, contagens e pesquisas locais, modelos matemáticos de tráfego e o modelo financeiro de viabilidade da concessão. O projeto foi acompanhado pela Empresa de Planejamento e Logística (EPL), estatal de apoio ao governo e responsável por projetos, estudos e pesquisas destinados a subsidiar o planejamento da logística e dos transportes no país.

A concessão pretende passar ao poder privado toda a estrutura que garanta as melhorias da rodovia para os usuários e sua manutenção por um período de dez anos, até que o projeto da Ferrogrão seja finalizado e esteja em operação.