Segunda-feira, 8 de abril de 2019 - 10h44
Antaq leiloa seis áreas portuárias no estado do Pará
Valores das outorgas somados chegaram a quase R$ 450 bilhões

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) leiloou, na última sexta-feira, dia 5 de abril, seis áreas portuárias no estado do Pará, cinco delas no Porto de Belém e uma no Porto de Vila do Conde. Todas as áreas destinam-se à movimentação e armazenagem de granéis líquidos, em especial combustíveis.

As empresas que arremataram as áreas leiloadas no Porto de Belém foram Consórcio Latitude, com valor de outorga de R$ 40 milhões, Petróleo Sabbá, com R$ 60 milhões, Ipiranga, com R$ 87,1 milhões, Petrobras Distribuidora, com R$ 50 milhões, e Transpetro, com R$ 30,3 milhões. A área situada no Porto de Vila do Conde foi arrematada pela Tequimar, com valor de outorga de R$ 180,5 milhões.

Somados, os valores das outorgas alcançaram R$ 447,9 milhões e os investimentos devem chegar a R$ 421,4 milhões. “As empresas vencedoras são boas parceiras para os portos, dispostas a investir. O valor de outorga foi excelente, e os investimentos devem superar o que estava previsto”, disse Mário Povia, diretor-geral da Antaq.

“Os leilões foram mais uma vez um sucesso, superando todas as expectativas. Estamos trabalhando de forma intensa para que os arrendamentos aconteçam e para que o setor portuário nacional ganhe em infraestrutura, melhorando a logística do país”, destacou Bruno Pinheiro, presidente da Comissão Permanente de Licitação de Arrendamentos Portuários (CPLA) da Antaq.

“A cada leilão, temos expectativas superadas. Estamos trabalhando para promover investimentos e para diminuir o custo Brasil”, completou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.