Quinta-feira, 11 de abril de 2019 - 11h32
Negócio de transporte a granel da Aliança é vendido para empresa chinesa
Comercialização também envolve atividades desenvolvidas por subsidiárias da Rudolf A. Oetker e pela Furness Withy

A Hamburg Süd e a Companhia de Navegação da China (CNCo), uma subsidiária do Grupo Swire, concluíram, neste mês de abril, a venda do negócio de transporte a granel da armadora alemã, após receberem aprovação dos órgãos regulatórios.

A comercialização foi anunciada em janeiro de 2019 e envolve as atividades a granel desenvolvidas por subsidiárias da Rudolf A. Oetker (RAO), pela Furness Withy (em Londres e Melbourne) e pela Aliança Navegação e Logística. Vale lembrar que a unidade de negócios RAO Tankers não está incluída no contrato e continua como integrante do Grupo Hamburg Süd.

As unidades transferidas para a CNCo operam no Rio de Janeiro, em Hamburgo, Londres e Melbourne e possuem uma frota de aproximadamente 45 navios nos segmentos handysize, supramax, ultramax, kamsarmax e panamax. A companhia chinesa informa que planeja manter os escritórios e funcionários.

“Com essa medida estratégica, a Hamburg Süd, que faz parte do Grupo Maersk, se concentrará exclusivamente no transporte de contêineres”, diz o CEO da Hamburg Süd, Arnt Vespermann. Ainda segundo o executivo, o transporte a granel fez parte da história de sucesso da companhia por seis décadas. “Hoje gostaríamos de agradecer a nossos colegas por tudo que fizeram pela empresa. Ao mesmo tempo, temos o prazer de ver a China Navigation como a nova proprietária de nossas antigas operações de granéis sólidos.”

Já o diretor executivo da CNCo, James Woodrow, destaca que a aquisição é considerada estratégica para a CNCo. “Estamos muito satisfeitos em receber a aprovação regulamentar para dar boas-vindas a uma equipe muito talentosa e altamente experiente. As sinergias naturais entre os negócios, habilidades e expertise das novas equipes complementarão as que temos no CNCo. Isso, por sua vez, ajudará a desenvolver nossa expansão estratégica em grandes segmentos”, pontua.