Sexta-feira, 12 de abril de 2019 - 11h38
Infraero conclui obras de renovação do Aeroporto Internacional de Macapá
Consórcio Ponta Negra é responsável pelas operações do terminal de carga do aeroporto

A Infraero inaugura hoje, dia 12 de abril, o novo Aeroporto Alberto Alcolumbre, ou Aeroporto Internacional de Macapá. O terminal aéreo passou por obras orçadas em R$ 166,4 milhões com o objetivo de oferecer melhores níveis de serviço, atendimento, conforto e segurança.

Com a ampliação da estrutura, o aeroporto será capaz de receber mais voos comerciais regulares. Vale lembrar que no ano passado o Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto Internacional de Macapá passou para a iniciativa privada, e é administrado pelo Consórcio Ponta Negra, responsável também pela gestão dos tecas do Aeroporto Atlas Brasil Cantanhede, em Boa Vista, e do Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola, em Joinville (SC).

Divulgação
Divulgação

Com uma área de 27,2 mil m², o terminal aéreo poderá receber 5 milhões de passageiros por ano, duas vezes mais que a capacidade das antigas instalações. As novidades incluem ainda recursos de automação no ar condicionado e na iluminação, 25 balcões de check-in, seis escadas rolantes, 13 elevadores e três novas esteiras de restituição de bagagem, além de um sistema de prevenção e combate a incêndio inédito no estado do Amapá e soluções de acessibilidade em todo o aeroporto para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

“Essa obra moderna e funcional é a Infraero levando um padrão de alta qualidade aos usuários do transporte aéreo e toda essa cadeia de serviços em Macapá. Esse fator, associado à expertise da empresa com aeroportos e o anúncio da redução do ICMS no querosene de aviação pelo governo do Amapá vão colaborar para o desenvolvimento da economia local e estimular a aviação civil na região”, afirma a presidente da Infraero, Martha Seillier.