Terça-feira, 14 de maio de 2019 - 10h39
BBM Logística ingressa na bolsa de valores
Ação faz parte do plano estratégico de crescimento sustentável da companhia

A BBM Logística anunciou hoje, dia 14 de maio, seu registro de companhia aberta na categoria A da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o registro no mercado de acesso da bolsa de valores (B3). Com isso, a empresa dá um importante passo em seu plano de crescimento.

Em 2017, a BBM recebeu um aporte do fundo de private equity Stratus e avançou na profissionalização da empresa, com ambos os fundadores, Elinton e Marcos Battistella, passando a atuar no conselho da companhia.

Nos últimos três anos, a companhia vem registrando crescimento anual composto de 48% em faturamento. Apenas no ano de 2018, a BBM registrou uma expansão de 75% em relação ao ano anterior, atingindo receita bruta de quase R$ 600 milhões.

“Estamos preparados para sustentar esse ritmo nos próximos anos, com previsão de aquisições e investimentos para apoiar novos contratos e a expansão das operações existentes”, explica o  CEO da BBM André Prado. O executivo completa dizendo que a companhia também está melhorando o nível de serviço com investimento em processos, tecnologia, inovação e transformação digital, fatores importantes para a conquista e manutenção dos clientes.

Divulgação

Os destaques operacionais de 2018 foram o crescimento do segmento Transportation Management (TM), com menor intensidade em ativos (asset light), cuja receita mais que dobrou em comparação ao ano anterior.

O segmento de Dedicated Contract Carriage (DCC), que inclui os segmentos florestal, de gases, industrial e químico, também apresentou significativo crescimento de clientes e de receita. No segmento florestal, a BBM está iniciando a atividade de colheita com uma solução integrada para o setor de papel e celulose que inclui carregamento, transporte e gestão do processo inbound, exemplo da capacidade de prover os clientes com uma solução logística abrangente.

Já dentro da estratégia de crescimento não orgânico o destaque foi a compra, no início de 2018, da Transeich, adquirida de uma grande multinacional do setor e já plenamente integrada à BBM. O negócio reforçou a presença da BBM em operações de TM, tanto inbound quanto outbound, transporte fracionado e armazenagem. A empresa também realizou significativos investimentos em veículos e implementos para renovação de frota e para novas operações.

Neste cenário, a BBM revela que se posiciona como um consolidador do mercado. “O setor de logística no Brasil ainda é muito fragmentado e percebemos a demanda por fornecedores maiores e mais estruturados. Nosso planejamento, além do crescimento orgânico, tem como elemento central as aquisições, por isso estamos avaliando diversas oportunidades em diferentes estágios de desenvolvimento. O capital e a comprovada experiência da Stratus nessa estratégia de crescimento simultâneo tem suportado a BBM a se tornar uma das mais promissoras empresas do setor no Brasil. E o mercado de capitais será um pilar essencial para esse processo”, reforça o sócio-fundador da Stratus e presidente do Conselho de Administração da BBM, Alberto Camões.