Quinta-feira, 11 de setembro de 2014 - 9h19
Porto de Vitória recebe sistema inteligente de controle de tráfego
Projeto permite monitorar e gerenciar a movimentação das embarcações em tempo real em um cenário operacional integrado

O Porto de Vitória recebeu, em agosto, um sistema inteligente de controle de tráfego de embarcações, conhecido como Vessel Traffic Management Information System (VTMIS). Dessa forma, o porto se transforma no primeiro do Brasil a contar com essa tecnologia, presente atualmente nos maiores terminais do mundo.

O projeto, desenvolvido pela empresa de tecnologia da informação Indra, teve um investimento de R$ 22,9 milhões e terá duração de 38 meses para o serviço de implantação da solução tecnológica, manutenção e formação dos técnicos que atuam no centro de controle operacional.

Porto Vitoria Vila Velha - Crédito Gabriel Lordêllo interna

A solução contribui para melhorar a segurança marítima e aumentar a eficiência das atividades e operações portuárias, já que permite monitorar e gerenciar o tráfego das embarcações em tempo real em um cenário operacional integrado, assim como saber a situação ambiental da região, podendo ofertar dados aos municípios circunvizinhos ao porto.

Uma única plataforma tecnológica integra a informação procedente de diferentes sistemas que são encontradas tanto nas instalações portuárias como nas próprias embarcações, como sensores, mareógrafos, radares, câmeras de última geração, correntômetros, boias e estações meteorológicas. Deste modo, a solução oferece ao operador uma visão clara e centralizada do cenário marítimo, facilitando a identificação e acompanhamento dos navios, ajuda à navegação, vigilância marítima e gerenciamento de alarmes.

Este projeto que faz parte do Plano de Modernização do Sistema Portuário Nacional da Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP/PR), que tem o objetivo aumentar o controle, a segurança e a produtividade dos portos brasileiros e, em consequência, sua capacidade. O sistema, além disso, será integrado dentro do Programa Porto sem Papel, que procura aumentar a eficiência das operações portuárias ao reunir em um único meio de gestão digital as informações e documentação para a análise e liberação de mercadorias nos portos brasileiros, funcionando como guichê único.

Foto: Gabriel Lordêllo

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!