Segunda-feira, 10 de novembro de 2014 - 13h01
Célere é responsável pela logística do GP do Brasil
Operador logístico transporta toda a carga das equipes entre o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, e o Autódromo de Interlagos, em São Paulo

Pelo 23º ano consecutivo a Célere, empresa do Grupo Movicarga, foi responsável pela logística do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, que aconteceu ontem, dia 9 de novembro, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

As atividades desempenhadas pela empresa abrangem desde o recebimento de toda a carga das equipes participantes em aviões cargueiros no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), até a entrega no autódromo. Os carregamentos incluem desde os carros até equipamentos adicionais utilizados durante a corrida.

De acordo com a Célere, o tempo para realizar essa operação tornou-se menor nos últimos anos, já que o GP do Brasil acontece apenas uma semana depois da corrida anterior, o GP dos Estados Unidos. Dessa maneira, as atividades precisam acontecer com muito mais presteza, mesmo com todos os empecilhos burocráticos e logísticos existentes no país.

Para que tudo corra bem, a empresa envolve centenas de colaboradores na operação, que é acompanhada minuto a minuto para que o sucesso seja garantido. Ao final da corrida, a equipe da Célere entra novamente em campo e realiza toda a operação contrária, para garantir que a carga esteja preparada para o próximo GP, que acontece em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.