Quinta-feira, 14 de maio de 2015 - 10h30
ATM inaugura unidade em Manaus
Braço da Aliança voltado ao transporte terrestre conta agora com um total de 84 mil m² de área construída nas regiões Norte e Sul do Brasil

A Aliança Transporte Multimodal (ATM), empresa pertencente à Aliança Navegação e Logística, iniciou, neste mês de maio, as operações de sua nova filial, localizada na cidade de Manaus. Com a estrutura, a empresa amplia suas operações na Região Norte do Brasil, oferecendo serviços de carga fracionada integrando os modais rodoviário e marítimo de cabotagem.

A ATM foi criada pela Aliança para atender às necessidades do mercado dando maior ênfase ao negócio de transporte terrestre. A unidade de Manaus chega para ampliar a infraestrutura da empresa para atividades como recebimento, armazenagem, paletização, consolidação, desconsolidação e distribuição de cargas. Os investimentos direcionados à nova unidade, situada próximo ao Porto de Manaus, não foram divulgados.

Localizada em uma área de 14 mil m², a filial manauara conta com um armazém de 3 mil m², capacidade operacional para mil TEUs e modernos sistemas de controle e movimentação pra realizar, além de operações com contêineres vazios, serviços de armazenagem geral. A intenção da ATM é passar a operar, em breve, como Recinto Especial para Despacho Aduaneiro de Exportação (Redex).

Em dezembro de 2013 a ATM inaugurou seu primeiro terminal logístico retroportuário, localizado em Itapoá (SC), com investimentos de R$ 40 milhões. Com 70 mil m² de área construída, a unidade possui um armazém de 4 mil m² e capacidade operacional para 8 mil TEUs. A filial catarinense está situada a apenas 4 km do Porto Itapoá, no litoral norte do estado.

A empresa trabalha com saídas semanais do Porto Itapoá para o Porto de Manaus e vice-versa. Com serviços integrados às operações de cabotagem da Aliança, cargas de pequeno e médio volume são coletadas e entregues na porta do cliente, a um custo logístico competitivo, com garantia da integridade da mercadoria, frequência de embarques e confiabilidade operacional.

“A expectativa é que o serviço de carga fracionada da ATM movimente em torno de 3 mil toneladas até o final do ano, aumentando em 30% o faturamento da ATM”, projeta o diretor executivo da Aliança, José Roberto Salgado.