Quarta-feira, 13 de janeiro de 2016 - 13h08
Brasileiros farão simulações de navegação para o Canal do Panamá
Centro de Simulação Aquaviária desenvolverá modelo matemático para a segurança das operações no canal, que passa por ampliação

O Centro de Simulação Aquaviária (CSA) da Fundação Homem do Mar (FHM), braço educacional do Sindicato dos Oficiais da Marinha Mercante Brasileira (Sindmar), estabeleceu um contrato com a Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes (ITF, na sigla em inglês para International Transport Workers Federation), com o objetivo de realizar um estudo quanto à segurança do Canal do Panamá.

Os trabalhos consistirão no desenvolvimento de um modelo matemático que será utilizado para avaliar as características e capacidades de manobra com as novas comportas do canal, tendo como foco a segurança das embarcações. O Canal do Panamá está passando por uma grande obra de expansão e terá uma nova faixa de tráfego, que permitirá a passagem dos maiores navios cargueiros utilizados atualmente.

A construção das novas comportas foi adiada diversas vezes, e testes recentes detectaram rachaduras nas estruturas. Por isso a data em que elas estarão em condições totalmente operacionais ainda não é conhecida. Além disso, a utilização das comportas envolve mudanças na própria operação das embarcações, para garantir a segurança na navegação.

“Queremos prestar nosso apoio às autoridades panamenhas e à comunidade marítima internacional para fazer das novas comportas um sucesso, tanto em termos de segurança para os marítimos e trabalhadores do Canal do Panamá quanto em relação à rentabilidade para o governo panamenho, que realizou um investimento de grandes proporções”, explica Paddy Crumlin, presidente da ITF.

O presidente do Sindmar, Severino Almeida, ressalta que o CSA, inaugurado em 2006, tem atuado no desenvolvimento e na implementação de importantes projetos no Brasil e no exterior e possui o know-how necessário para desenvolver modelos matemáticos para todos os tipos de embarcações, terminais e canais de navegação, simulando a manobrabilidade e a viabilidade de diferentes operações marítimas.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!