Segunda-feira, 11 de julho de 2016 - 10h40
Pesquisa da Athenas lista os principais problemas dos terminais logísticos
Desenvolvedora oferece ao mercado uma plataforma de gestão flexível e modular

A Athenas realizou um levantamento com o objetivo de listar os problemas que os terminais logísticos enfrentam atualmente, com foco especial no quesito tecnologia. A empresa oferece ao mercado a plataforma Terminal Operating System Plus (TOS+), destinada a terminais de todos os tipos, que trabalham com as mais variadas cargas e modais.

De acordo com a pesquisa, dentre os principais problemas estão sistemas que não cumprem todas as exigências legais, processos burocráticos que aumentam os custos administrativos, automação ineficiente ou sem integração, softwares e hardwares com problemas de integração, muitos sistemas operacionais rodando ao mesmo tempo, sistemas importados que não possuem módulos que atendam às exigências nacionais e custos de manutenção muito altos.

“Pudemos perceber que todo o setor enfrenta basicamente os mesmos problemas, independente do tamanho do terminal, da carga e do modal”, analisa Marcos Barcellos, CEO e sócio da Athenas. “Além disso, trata-se de dificuldades que, apesar de causarem grandes transtornos para as operações portuárias, não são complicadas de se resolver”.

Segundo a própria Athenas, o TOS+ foi desenvolvido com base em situações reais, o que faz com que ele já preveja as questões levantadas na pesquisa. Além disso, por ser uma plataforma colaborativa, flexível e aberta, ela pode ser incrementada e atualizada constantemente, acompanhando as mudanças na legislação. Seu formato modular permite uma implantação sob medida para cada perfil de terminal logístico.