Segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 - 15h28
Rumo inicia nova etapa de expansão do Terminal Ferroviário de Rondonópolis
Obras vão proporcionar uma capacidade adicional de 6 milhões de toneladas de cargas

A operadora ferroviária Rumo deu início, neste mês de dezembro, à nova etapa de expansão do Terminal Ferroviário de Rondonópolis, localizado no município de mesmo nome do estado de Mato Grosso. O objetivo da companhia é atender à crescente demanda de grãos no Centro-Oeste brasileiro prevista para os próximos anos.

Com investimento de R$ 200 milhões nas obras, a Rumo estima um aumento de capacidade de mais de 6 milhões de toneladas de grãos no terminal em relação ao volume atual. Dividido em duas etapas, o projeto contempla a construção de três novos silos metálicos, quatro novas moegas, uma tulha ferroviária para três vagões e melhorias no pátio de entrada e saída com balanças rodoviárias, novas esteiras transportadoras, pavimentação e drenagem. Além disso, estão previstas obras de adequações do sistema elétrico, de combate a incêndio, ar comprimido, instalações de apoio e subestações.

Divulgação
Divulgação

“É uma obra planejada e que dá continuidade aos investimentos da companhia no terminal. Toda a cadeia logística será beneficiada, potencializando os processos de expedição, armazenagem e segurança de operação”, explica Fabricio Degani, diretor de Portos e Terminais da Rumo.

A Rumo é responsável por movimentar o principal corredor ferroviário do país, que liga a Região Centro-Oeste ao Porto de Santos (SP). Atualmente o Terminal Ferroviário de Rondonópolis opera com 11 moegas, que possibilitam descarregar mais de 80 caminhões por hora, possui um armazém com capacidade estática para 45 mil toneladas e duas linhas ferroviárias com cinco tulhas, permitindo carregar 40 vagões por hora. Em média, sete composições com 80 vagões de grãos são carregadas todos os dias no local.