Quinta-feira, 9 de maio de 2019 - 10h51
Portos do Açu e de Guangzhou assinam acordo de cooperação
Objetivo é compartilhar as melhores práticas e conhecimentos, além de fortalecer os investimentos e o desenvolvimento de negócios

O Porto do Açu, localizado em São João da Barra, na região norte do Rio de Janeiro, e o porto chinês de Guangzhou assinaram ontem, dia 8 de maio, um acordo de cooperação com o objetivo de compartilhar as melhores práticas e conhecimentos sobre operação e gestão portuária. Além disso, a iniciativa fortalece os investimentos e o desenvolvimento de negócios e possibilita a criação de uma relação estratégica entre os portos, contribuindo para a troca de tecnologias e o amadurecimento dos fluxos de carga.

A novidade faz parte do plano estratégico de negócios do Açu, que busca estreitar o relacionamento com países asiáticos e conectar o Brasil a portos de classe mundial que tenham características parecidas com as do terminal fluminense.

Segundo a diretora Comercial da Porto do Açu Operações, Tessa Major, o acordo com o  Porto de Guangzhou, que é o quinto maior do mundo, reconhece o potencial e os diferenciais do Açu. “Somos um porto-indústria com capacidade para receber grandes embarcações e retroárea disponível para a instalação de indústrias. Além disso, contamos com eficiência logística para aproximar os principais centros produtores brasileiros das crescentes demandas da China e demais países asiáticos”, afirma.

A assinatura do acordo, que contou com a presença do cônsul geral do Brasil em Guangzhou, Pedro Murilo Ortega Terra, aconteceu durante a 31º World Ports Conference 2019. A conferência é realizada anualmente pela International Association of Ports and Harbors (IAPH) e reúne representantes de agências portuárias de todo o mundo. Neste ano, o evento ocorre no Centro de Convenções de Guangzhou e conta com a participação de mais de mil representantes da administração portuária e de empresas de todo o mundo.