Ibovespa
129.020,02 pts
(-0,87%)
Dólar comercial
R$ 4,97
(0,06%)
Dólar turismo
R$ 5,17
(0,14%)
Euro
R$ 5,37
(-0,21%)

Supply chain e tecnologia: como essa relação beneficia a empresa?

Por Voltér Luís Trein em 5 de maio de 2022 às 10h00 (atualizado às 10h46)

O crescente uso da tecnologia nos mais diversos segmentos - como a logística - contribui para melhorar os resultados de uma empresa ou organização. Quando falamos da relação entre supply chain e tecnologia, a otimização potencializa-se.

Quem trabalha na área sabe que a cadeia de suprimentos é um processo de extrema importância e que deve ser constantemente melhorado. Isso porque sua performance determina diretamente a capacidade da empresa de entregar um produto de qualidade no tempo esperado.

Com o aprimoramento dos recursos tecnológicos, os processos direcionam-se para a automação. Essa possibilidade reduz o tempo nas demandas, diminui a chance de erros e aumenta a produtividade na logística empresarial. Mas, afinal, quais são os benefícios da tecnologia para a cadeia de suprimentos? 

Interligar processos logísticos e manter a eficiência de cada etapa é uma missão complicada, porém muito importante para o sucesso da empresa. Por isso, a tecnologia aplicada em supply chain é uma excelente opção para conseguir a integração de informações e maior agilidade.

Por meio da automação de processos, dos sistemas de gestão, dos recursos de análise de dados e outras soluções, é possível otimizar várias etapas. Além disso, você percebe uma grande redução de custos. Em tempos de crise financeira pós-pandemia, esse é um benefício importante para qualquer negócio.

Além disso, com a tecnologia empregada, é possível aumentar a produtividade, reduzir as perdas de vendas e os excessos de estoques. Ou seja, alia-se economia e potencial para mais ganhos. 

Ainda, você é capaz de encontrar falhas e acertos na cadeia produtiva, auxiliando na tomada de decisões. O resultado é a redução de custos operacionais, o crescimento da qualidade, o aumento da competitividade do produto, a criação de valor agregado e mais diferenciais em relação à concorrência.

Da relação entre tecnologia e cadeia de suprimentos, advém outra vantagem: a automatização da empresa. Ela possibilita a sincronização desde o abastecimento de matéria-prima até a entrega do produto ao cliente. Também traz benefícios para planejamento, produção, vendas, gestão de estoque e distribuição. Dessa forma, evitam-se faltas e excessos de mercadorias nos pontos de venda, aumenta-se o giro de estoque e aperfeiçoa-se a produção da empresa. E essas práticas também contribuem para a redução dos custos do seu negócio. Mais uma vez, ponto para a economia!

É preciso observar que algumas aplicações tecnológicas contribuem para o desenvolvimento de políticas e modelos adaptados para o melhor gerenciamento de sua cadeia de suprimentos. Isso ajuda você a padronizar as operações, reduzindo os erros humanos e o tempo de aprendizado dos novos funcionários e colaboradores. Assim, um trabalho padronizado aumenta a satisfação dos consumidores, que recebem produtos de mais qualidade e dentro dos prazos estabelecidos. 

Além disso, em uma cultura reconhecidamente data driven, um dos grandes benefícios da tecnologia é a produção de múltiplos dados confiáveis e precisos, o que diminui suas incertezas e proporciona melhores tomadas de decisão no negócio. Isso é especialmente importante no que se refere aos estoques. Logo, é possível obter um controle maior sobre os processos empresariais, facilitando a decisão de quais produtos comprar em qual época, diminuindo os estoques de segurança desnecessários e a possibilidade de falta de mercadorias diante de pedidos urgentes dos clientes.

Mas, em se tratando de supply chain, é fundamental você entender que o futuro dessa operação está ligado à automação e aos avanços que a tecnologia viabiliza. Se a sua empresa não buscar soluções nessa linha, você pode perder competitividade no mercado e dar mais espaço para seus concorrentes.

Ficar de olho nas tendências é sempre aconselhável. Por exemplo, a utilização da robótica na cadeia de suprimentos está se tornando mais comum a cada dia. Esses sistemas interconectados são capazes de cumprir tarefas em linhas de produção, além de posicionar e separar produtos, embalá-los, endereçá-los e deixá-los prontos para o transporte. Isso traz mais agilidade e padrão para os processos, otimizando a produtividade e contribuindo no objetivo de alcançar resultados melhores.

Outra dica interessante é o uso da Inteligência Artificial. Essa tecnologia contribui para otimizar de maneira relevante as operações de negócios, pois se utiliza da enorme quantidade de dados gerados durante a produção e a movimentação de produtos. O resultado gerado é o maior controle para gerenciar estoques, logística e fornecedores, com um nível mais alto de precisão.

Ainda na linha das tendências, não perca de vista o big data. O termo faz referência a uma grande quantidade de dados, estruturados ou não, e que são gerados a todo momento. Com eles, é possível fazer um extenso trabalho de análise em profundidade e obter respostas estratégicas. Isso contribui para lidar com informações em larga escala e transformá-las em números precisos e capazes de gerar melhorias. Os gestores que recebem esses dados conseguem entender melhor os resultados da empresa e todo o funcionamento de suas atividades. Em suma, essas informações ajudam a detectar próximos passos, possibilidades de otimização e apontam os principais pontos fracos na logística da empresa. Com um mapa desses em mãos, as lideranças podem vencer quase que qualquer desafio que a cadeia de suprimentos impuser.

Então, como seguir esses conselhos? Um software específico para fazer a gestão de processos de compra e venda pode ser um diferencial relevante para gerir a cadeia de suprimentos. Ao utilizar uma solução desse tipo, o seu negócio aumenta o controle sobre os procedimentos e consegue tomar decisões mais acertadas. Isso é ainda mais importante para os embarcadores. Neste caso, a falta de controle sobre esses dados pode prejudicar as operações e comprometer os prazos, reduzindo a eficiência da empresa e diminuindo os lucros.

Supply chain e tecnologia podem trazer muitos benefícios para o seu negócio, de fato. Benefícios estes que vão desde a redução de custos até a otimização de processos. Contudo, para selecionar os melhores recursos tecnológicos, é importante que você faça uma pesquisa de mercado e avalie o que é melhor para a sua necessidade. Com as soluções certas à mão, o resultado é certeiro: mais facilidade na gestão da cadeia de suprimentos e competitividade para a sua empresa no mercado. 

Supply chain e tecnologia: como essa relação beneficia a empresa?
Voltér Luís Trein, CRO da ESales  
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar