Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Digital Twin: O que é e como está sendo aplicado no Supply Chain

Por Rodrigo Tourinho Nakamura em 10 de novembro de 2022 às 16h50 (atualizado às 16h57)
Rodrigo Tourinho Nakamura

Um digital twin, gêmeo digital em português, é uma representação virtual atualizada em tempo real de um objeto, processo ou sistema físico real que serve como uma contrapartida digital a ser utilizada para razões práticas como monitoramento, simulação, testagem e manutenção. Em outras palavras o digital twin é um modelo digital de algum objeto (ou processo ou sistema) físico conectado ao mundo real de forma a espelhar o estado do objeto físico em tempo real. Para tanto, o objeto em estudo é equipado com diversos sensores alocados em áreas vitais de funcionalidade a fim de produzir dados de diferentes aspectos da performance do objeto físico, como temperatura, pressão, energia dispendida e outros. Esses dados são processados por um sistema que atualiza a cópia digital. A tecnologia de digital twin, portanto, consiste em três partes: o objeto físico, o objeto virtual/digital e a conexão entre os dois objetos.

Digital twin é uma tecnologia que combina várias outras em um único sistema. Por meio do entendimento de todos os parâmetros e interações relevantes ao objeto, processo ou sistema estudado, um modelo virtual (Virtual Reality) é criado de forma a ter uma representação digital do physical twin. Esses parâmetros são atualizados em tempo real com a utilização de sensores. Na medida em que estamos falando de diversos sensores espalhados pelo objeto, fundamentalmente contamos com a internet das coisas (Internet-of-Things - IoT) para que essas informações sejam transmitidas em tempo real sem a necessidade de que tudo esteja conectado por fios. Esses dados coletados e transmitidos em tempo real são então armazenados, preferencialmente, em uma plataforma na nuvem (Cloud Platforms). 

A combinação dos diferentes estados de cada parâmetro monitorado pelos sensores, além de outras formas de conexão e captura de dados, cria uma infinidade de cenários futuros possíveis através da simulação (Simulation). A tecnologia de otimização desbloqueia o potencial do digital twin de ser capaz de recomendar as ações ótimas diante das possibilidades de cenários futuros simulados. Através da tecnologia de inteligência artificial (Artificial Intelligence), o digital twin é capaz de aprender com a imensidade de dados monitorados a prever cada vez melhor quais são as probabilidades dos cenários futuros.

Por fim, a camada de tecnologias de visualização (visualization), modelagem 3D (3D modeling) e realidade aumentada (Augmented Reality) facilitam a interação e a comunicação entre o digital twin e o physical twin, que é fundamental para que se possa receber as previsões cenários e recomendações de ações do digital twin.

Digital Twin: O que é e como está sendo aplicado no Supply Chain
Figura 1: Habilitadores do Digital Twin. Fonte: MIT Digital Supply Chain Transformation (digitalsc.mit.edu)

Muitas empresas vêm aplicando a tecnologia em diferentes áreas. No entanto, a tecnologia digital twin ainda é bastante incipiente em Supply Chain. Há alguns anos, a DHL lançou um armazém habilitado com tecnologia digital twin na Ásia. Através de sensores, todos os colaboradores e equipamentos são monitorados em tempo real. A tecnologia habilita diversos benefícios à operação e à segurança, como ganho de eficiência com congestionamento reduzido, planejamento de recursos aprimorado, alocação de carga de trabalho, monitoramento de acesso ao site ao vivo, monitoramento em tempo real de sistemas de temperatura, visibilidade total de tráfego para otimização de movimentação, melhoria do desempenho da equipe operacional e redução do risco potencial de colisão.

Digital Twin: O que é e como está sendo aplicado no Supply Chain
Figura 2: Armazém representado virtualmente através de digital twin. Fonte: DHL

Um exemplo visionário da possibilidade de utilização da tecnologia seria um digital twin de toda uma cadeia de suprimentos. O avanço da tecnologia e a necessidade de otimização de recursos e processos pode tornar essa visão uma realidade no futuro.

Digital Twin: O que é e como está sendo aplicado no Supply Chain
Figura 3: Digital twin logístico como um modelo de toda a cadeia de suprimentos. Fonte: DHL

Segundo a pesquisa Aplicação de Tecnologias de Supply Chain no Brasil realizada pelo ILOS e apresentada em outubro de 2022, somente 11% das grandes empresas brasileiras utilizam a tecnologia de Digital Twins. O maior uso da tecnologia é para Prototipagem de novas instalações. Essa mesma pesquisa mostra, no entanto, uma tendência de crescimento da utilização da tecnologia ao apontar que 68% das empresas entrevistadas pretendem aumentar o investimento em Digital Twins.

Digital Twin: O que é e como está sendo aplicado no Supply Chain
Rodrigo Tourinho Nakamura, sócio gerente do Ilos

 

 

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar