Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Coupa avalia positivamente crescimento muito rápido na América Latina em estruturas de delivery e venda

Vice-presidente disse à Tecnologística que a empresa tem conseguido crescer em diversos países da região
Por Redação em 28 de novembro de 2022 às 12h00 (atualizado às 17h41)
Coupa avalia positivamente crescimento muito rápido na América Latina em estruturas de delivery e venda

A Coupa Software, fornecedora do software de gerenciamento de gastos empresariais da Califórnia, nos Estados Unidos, tem expandido os seus negócios desde a compra da Llamasoft Inc em 2020, para aumentar a sua agilidade na cadeia de suprimentos. O negócio envolveu um investimento de aproximadamente US$ 1,5 bilhão.

Em entrevista à Tecnologística, o vice-presidente de Estratégias de Supply Chain da Coupa, Madhav Durbha, revelou que essa aquisição fez com que a empresa mudasse o seu comportamento após a conclusão do negócio, ao explicar a decisão da empresa em não mudar o nome da Llamasoft, mas torná-la parte do seu portfólio, que atualmente é chamada de Coupa Supply Chain Design and Planning, powered by LLAMASoft.

Coupa avalia positivamente crescimento muito rápido na América Latina em estruturas de delivery e venda"Quando a Coupa adquire empresas, normalmente ela absorve a empresa e a marca. Torna-se uma Coupa desde o primeiro dia. É assim que a Coupa aborda as aquisições. Com a  Llamasoft foi um pouco diferente porque ela tem uma marca muito forte e reconhecida", pontua.

 

A Llamasoft desenvolve software baseado em IA para design, modelagem e planejamento da cadeia de suprimentos. Com a aquisição da empresa pela Coupa, a plataforma e os serviços da empresa passaram a ser integrados à plataforma de gerenciamento de gastos baseada em nuvem da Coupa.

Isso permite com que as organizações consigam gerenciar de maneira abrangente os relacionamentos e as compras com os fornecedores. Na decisão de aquisição, a Coupa entendeu que a agilidade da cadeia de suprimentos era vital, em um período em que as empresas estão buscando formas para lidar com interrupções na cadeia de suprimentos, demanda flutuante do cliente e condições econômicas incertas.

"As pessoas têm o software instalado em seus desktops. Elas usariam, mas não usam. Não é fácil compartilhar o modelo com outras pessoas que trabalham em grupos da cadeia de suprimentos. O que fizemos agora foi a camada em nuvem para que fique muito mais fácil o compartilhamento dos modelos entre colegas. Dessa forma, cada um pode melhorá-lo”, explica Madhav Durbha.

Esse software da Coupa permite com que as empresas possam realizar o gerenciamento de gastos de negócios. A missão é "ter a certeza de que em cada dólar gasto, certifique-se de que obterá o valor máximo".

"Em primeiro lugar, a visibilidade dos gastos. Quanto está gastando, onde, de onde vem o dinheiro e para onde vai o dinheiro. A segunda coisa é o controle. Ter os controles corretos em vigor para que o gasto esteja acontecendo de maneira legítima, ética e que atenda às necessidades do negócio. E por último, mas não menos importante, otimizar os gastos", acrescenta o vice-presidente.

 

LEIA TAMBÉM: Projeto de supply chain da Natural One prevê economia de até R$ 30 milhões

 

Coupa avalia positivamente crescimento muito rápido na América Latina em estruturas de delivery e venda

Aquisição da Llamasoft aumenta a velocidade da plataforma e otimiza recursos

Madhav Durbha esclareceu também que o objetivo da Coupa com aquisições semelhantes a da Llamasoft não é ter várias plataformas, mas apenas uma, com mais recursos, otimizando os resultados, a velocidade e a praticidade do software.

Com a aquisição da Llamasoft, foi possível otimizar o recurso de gerenciamento de risco do fornecedor para que ele possa lidar com o aumento do rigor dos países em relação a temas sensíveis como trabalho infantil e poluição da água, evitando penalizações.

 

Atuação da Coupa cresce na América Latina

Brasil e México sempre foram os mercados mais importantes para a Coupa na América Latina, segundo Madhav Durbha. Somente no Brasil, a empresa conta em seu portfólio com marcas como Ipiranga, Braskem, Unilever e P&G. No entanto, ele revela que nos últimos anos tem observado um crescimento da empresa em outros países da região.

"Tínhamos claro, dois grandes mercados, México e Brasil, maiores fundos da região. Mas agora estamos crescendo com o hub na Colômbia, temos clientes no Chile, na Costa Rica, na Guatemala e no Panamá também", conta.

Ele atribui esse crescimento na América Latina como resultado das aquisições realizadas pela Coupa. Com isso, a empresa passou a ter novas maneiras de conseguir negociar com os seus potenciais clientes. "Francamente, existem três portas pelas quais podemos entrar em qualquer empresa. Quatro portas, eu diria. Uma é a cadeia de suprimentos, outra é aquisição, outra é finanças e depois tesouraria", afirma.

Ainda de acordo com o vice-presidente da Coupa, a região "está crescendo muito rápido" e "não apenas a estrutura de delivery, mas também a estrutura de vendas".

 

Mais de 2.500 clientes na plataforma

Conforme Madhav Durbha, atualmente a plataforma conta com mais de 2.500 clientes em todo o mundo, levando a US$ 4 trilhões gastos através do software diariamente. Com isso, a empresa reúne milhares de dados que geram "insights" para a comunidade.

"Podemos explorar esses dados para chegar ao que chamamos de insights da comunidade. Coisas assim são muito, muito interessantes para os nossos clientes", diz.

 

O avanço da tecnologia no mercado brasileiro

Para o vice-presidente de Estratégias de Supply Chain da Coupa, a tendência é que nesse período pós-pandemia de Covid-19 o avanço da tecnologia no mercado brasileiro acelere.

"A digitalização não acelerou no passado porque exige muito investimento das empresas. Então, os cases atuais são de empresas que não estavam investindo dinheiro e quando veio a pandemia, o que aconteceu é que virou tudo para o outro lado porque, por exemplo, temos alguns clientes em que o comércio eletrônico deles dobraram de tamanho em três meses", explica.

Coupa avalia positivamente crescimento muito rápido na América Latina em estruturas de delivery e venda

Madhav Durbha ainda completa dizendo que esses clientes ao perceberem o forte crescimento do seu comércio eletrônico tomaram a decisão de investir nas soluções da Coupa e que aderir a todos os processos de digitalização e mudança de fornecimento, tornou-se a sua prioridade.

"Começou no início da pandemia e está fazendo o nosso mercado ficar muito mais maduro do que estava, por causa do aumento do investimento. Claro, é uma grande mudança, então, isso não acontece de um ano para o outro. Mas eu, mas acho que não estamos no nível de maturidade que temos [nos Estados Unidos], mas acho que a pandemia nos ajudou muito rápido a seguir nesta direção".

 

LEIA TAMBÉM: Coupa Software fornece sistema para gerir suprimentos da Suzano

 

No entanto, Madhav Durbha entende que esse processo de avanço tecnológico em gestão demorou muito para começar no Brasil. Segundo ele, após a aquisição da Llamasoft a Coupa percebeu que existiam muitos clientes em comum e isso facilitou o processo de venda da plataforma, sem precisar de um grande esforço em fazer o mercado compreender a importância do investimento, diferente do que aconteceu com o Brasil.

"Demorou um pouco para os empresários brasileiros entenderem a necessidade e agora é mais fácil. Mas no começo foi um movimento que aconteceu primeiro com os nossos clientes atuais e agora está estendendo para todo o mercado", conclui.

 

O resultado da aquisição da Llamasoft

O principal resultado da aquisição da Llamasoft por parte da Coupa foi a solidez financeira. Atualmente, é "uma empresa muito maior". Segundo Madhav Durbha, a Coupa, atualmente, investe aproximadamente 20% de todos os seus recursos em pesquisa e desenvolvimento.

"Essa inovação é muito, muito importante para nós. [...] Todos os pontos que descobrimos são muito importantes, como a migração para a nuvem. Além disso, a proposta de valor que é maior. Agora você está reunindo suas finanças, compras e cadeia de suprimentos, fazendo com que eles se unam para responder mais rapidamente a tudo o que está acontecendo no mundo. Isso é muito importante", aponta.

 

Investimento em inteligência artificial

Em breve, a expectativa da Coupa é lançar um produto baseado em inteligência artificial. Um projeto considerado como "muito importante" dentro da empresa.

"Estamos investindo pesadamente em inteligência artificial. Temos dados da comunidade. Eu falei sobre quase US$ 4 trilhões em gastos todos os dias. As pessoas gastam dinheiro, estão emitindo ordens de compra e pagando faturas. Tudo isso está fluindo através da Coupa para que possamos explorar esses dados e criar tendências", conta o vice-presidente da empresa.

Atualmente, a empresa tem buscado entender como os custos do frete marítimo estão mudando. "Quando damos ouvidos a esses dados, há insights que podemos revelar aos nossos clientes", completa.

Ele ainda finaliza dizendo que parte do forte resultado em inovação da Coupa se deve a cultura da empresa. "Nenhum de nós é tão inteligente quanto todos nós. Quando você junta as pessoas, elas surgem com ideias muito boas."

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar